Embarcação superlotada afunda em São Luís, capital do Maranhão

Inquérito investiga se excesso de passageiros levou ao acidente; navio que estava próximo ajudou a evitar mortes

Por O Dia

São Luís - Um catamarã que partiu de Alcântara (MA) com destino à capital São Luís afundou a aproximadamente 300 metros da praia de Ponta D'areia, nesta sexta-feira. Ninguém morreu no acidente, que pode ter sido causado devido à superlotação da embarcação.

Bote do Corpo de Bombeiros fez buscas para encontrar possíveis desaparecidos%2C nesta sexta-feiraTV Mirante/Reprodução


Segundo o capitão dos Portos, Marcos Tadashi, ainda não se sabe exatamente o número de passageiros que estavam embarcados, mas relatos informam que havia aproximadamente 45 pessoas. A capacidade do catamarã é 33 passageiros. Foi aberto inquérito administrativo para investigar a causa do naufrágio, com prazo para conclusão de 90 dias.

Segundo o coordenador de Operações do Corpo de Bombeiros de São Luís, major Abner Carvalho, três pessoas se sentiram mal e foram encaminhadas para hospitais públicos da região, mas todas estão fora de perigo.

A operação foi coordenada entre Marinha, Corpo de Bombeiros e o Grupo Tático Aéreo da Secretaria de Segurança Pública, que deu suporte, sobrevoando a área para garantir que nenhuma pessoa fosse arrastada para longe, pela maré.

De acordo com informações da Capitania dos Portos, no momento do naufrágio, havia um navio rebocador próximo ao local do catamarã – e a embarcação colaborou no resgate das pessoas, ajudando a evitar mortes.

Últimas de _legado_Brasil