Por gabriela.mattos

São Paulo - A 25ª Vara Criminal de São Paulo condenou um homem por manter duas máquinas de caça-níqueis em um estabelecimento comercial. Além disso, os agentes também encontraram uma arma no local. Inicialmente, a Justiça estipulou que ele deveria cumprir um ano e três meses de reclusão, com início no regime aberto. No entanto, a pena foi substituída por prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período e pagamento de 10 dias multa.

Segundo o processo, o homem contou que a arma não lhe pertencia e que as máquinas estavam desligadas. Na decisão, o juiz Carlos Alberto Corrêa de Almeida Oliveira destacou que “ao contrário do que declara o acusado, as máquinas estavam ligadas no momento da perícia e, pela simples localização dentro de seu bar, constata-se que não eram apenas ‘enfeites de salão’”. O magistrado afirmou, ainda, que a arma de fogo municiada foi encontrada em cômodo de uso exclusivo do acusado.

Você pode gostar