Por bferreira

São Paulo - A diretoria do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS) iniciou ontem uma investigação para apurar a denúncia de um casal que teria sido flagrado tendo relações sexuais dentro do necrotério do Hospital Regional. O caso ocorreu na noite do dia 27 de dezembro de 2015 e foi denunciado por uma funcionária que entrou na sala do necrotério para deixar o corpo de um bebê.

A diretoria do hospital mandou investigar se os dois envolvidos no episódios são funcionários terceirizados que trabalham na UTI. De acordo com a diretoria do CHS, a apuração será feita para identificar os funcionários supostamente flagrados tendo relações sexuais. Se o fato for confirmado, a direção do hospital irá tomar as medidas cabíveis, como a demissão dos funcionários. Não foram divulgados mais detalhes sobre as providências.

Você pode gostar