Servidor é preso após utilizar veículo oficial para fechar carro de ex

O motorista descumpriu uma medida protetiva que já existia em favor da vítima, tentativa de homicídio ainda não foi confirmada

Por O Dia

Espírito Santo - Um funcionário do Governo Estadual do Espirito Santo, foi preso nesta sexta-feira após ter atentado contra a vida de sua ex companheira. O servidor usou um carro oficial para tentar fechar o veículo que ela estava. Após o fato, o motorista foi exonerado do seu cargo no Governo.

Conforme nota da Polícia Civil, o caso ainda está na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher da Serra (DEAM) e, segundo os agentes, o servidor descumpriu uma medida protetiva que já existia em favor da vítima. A delegada responsável pelo caso, Susane Ferreira, representou pela prisão preventiva do motorista. Se comprovada a tentativa de homicídio, o caso passará a ser de responsabilidade da Delegacia Especializada de Homicídio Contra à Mulher (DHPM).

Em nota a Secretária de Estado do Governo, confirmou a exoneração do motorista Carlos Alberto Manzioni Junior. O servidor já respondia processo administrativo por conduta inadequada. 

Últimas de _legado_Brasil