Por clarissa.sardenberg

Espírito Santo - O corpo de uma adolescente de cerca de 15 anos foi encontrado em um manguezal na tarde desta segunda-feira, no bairro Jardim Carapina, na Serra do Espírito Santo. A vítima não foi identificada, mas atendia pelo apelido de "Paola", de acordo com a Polícia Civil. Ela teria sido morta a pedradas em um "acerto de contas" com traficantes. Cinco pessoas foram detidas, três homens e duas adolescentes. Na delegacia, eles confessaram o crime.

Em depoimento, os envolvidos contaram que cometeram o crime para acertar contas com a vítima que, segundo eles, estava "sumindo" com suas drogas.

Segundo a polícia, o corpo da jovem estava em um local de difícil acesso do manguezal. No local, foram encontradas diversas pedras próximas ao cadáver e após perícia, a principal suspeita é de que a adolescente tenha sido apedrejada. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Vitória (IML), mas até a manhã desta terça-feira não foi identificado.

As duas adolescentes foram liberadas depois de prestarem depoimento. Já Ilton Rosa dos Santos, 20, Lucas Alexandre de Oliveira Faustino, 18, e Bruno Gonçalves da Conceição, 20, foram autuados por homicídio triplamente qualificado e foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória de Viana. O caso é investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vitória.

Você pode gostar