Idosa é estuprada e morta na Paraíba

Mulher foi encontrada morta em casa, no município de Patos, no Sertão paraibano, com traumatismo craniano. Ele foi estuprada, segundo a polícia

Por O Dia

Paraíba - A Polícia Civil de João Pessoa, na Paraíba, investiga a morte de uma idosa de 81 anos, que foi encontrada morta, na manhã do último domingo. De acordo a polícia, a mulher foi achada em casa em uma localidade conhecida como Campo Comprido, na Zona Rural do município de Patos, a 320 kms de João Pessoa.

As primeiras informações dão conta de que a mulher, que não teve a identidade revelada, teria morrido de causas naturais, no entanto, após o corpo passar por um exame cadavérico, foi constatado um estupro seguido de um traumatismo craniano.

O corpo da senhora foi encontrado por um homem que iria fazer um reparo na casa da mulher, na manhã do último domingo. O Serviço Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado e constatou a morte a mulher. A perícia inicial tratou o caso como morte natural, por não haver sinais evidentes que poderiam indicar um crime.

O corpo foi encaminhado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) em Patos, onde passou por exame cadavérico, que constatou o estupro e o traumatismo craniano. Ainda no exame, foi determinado que a vítima sofreu as agressões e morreu na noite de sábado. A polícia investiga quem séria o agressor da idosa. Até o momento ninguém foi preso.

Últimas de _legado_Brasil