Por rafael.souza

Rio - O deputado federal do PMDB por Minas Gerais, disse nesta sexta-feira que não vai mais disputar a liderança do partido na Câmara dos Deputados. O parlamentar havia lançado sua candidatura, sem o apoio da bancada peemedebista, agora vai apoiar a candidatura do atual líder do partido, Leonardo Picciani, do Rio de Janeiro.

Quintão irá apoiar Leonardo Picciani na eleição interna do PMDB da CâmaraDivulgação

A decisão foi anunciada pelo parlamentar em uma entrevista ao site de notícias "G1". Com a desistência Leonardo Quintão, disputarão a liderança do PMDB, o líder Picciani e o deputado Hugo Motta, da Paraíba - que tem o apoio do presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

Eduardo Cunha indicou Motta, na tentativa de enfraquecer a reeleição de Picciani a liderança da bancada. O PMDB, que atualmente a maior bancada da Câmara, está dividido desde que Picciani foi afastado do comando do partido na Câmara.

Você pode gostar