Escritores e profissionais do livro lançam manifesto em 'defesa da democracia'

Documento está disponível em grupo do Facebook e já tem mais de 1.500 assinaturas, entre elas estão nomes como Antonio Candido e Chico Buarque

Por O Dia

Rio - Um grupo no Facebook está reunindo assinaturas para o Manifesto dos escritores e profissionais do livro pela democracia desde o último sábado. O manifesto defende os “valores democráticos” e o “exercício pleno da democracia em nosso país, de acordo com as normas constitucionais vigentes, no momento ameaçadas”.

Para participar da ação é preciso acessar a página do grupo no Facebook e informar o nome, profissão e unidade da federação onde a pessoa mora. Os porta-vozes do movimento são Alberto Schprejer (Ponteio), Daniel Louzada (Leonardo da Vinci), Haroldo Ceravolo (Alameda), Ivana Jinkings (Boitempo), Marcelo Moutinho (escritor) e Rogério de Campos (Veneta). 

O manifesto já tem mais de 1.500 assinaturas, entre elas estão nomes como Antonio Candido, Chico Buarque e Milton Hatoum.

Últimas de _legado_Brasil