Relaxe! Privacidade é coisa do passado...

Tudo que estiver registrado no padrão digital está passível de ser capturado, pirateado, armazenado, reproduzido

Por O Dia

Rio - Chocou muita gente a descoberta de que a Agência Nacional de Segurança dos EUA captura as informações produzidas por qualquer sujeito na internet. São cerca de 2,2 bilhões em todo o planeta. Não há grandes surpresas, porque os EUA têm dinheiro suficiente para empreender tamanhas façanhas. A China não deve ser muito diferente. Mas nenhum país tem tanta colaboração de gigantes, como Facebook, Google etc e tal. E é justamente por esses caminhos virtuais que a gente começa a se exibir demais da conta.

Privacidade é coisa do passadoReprodução

Só que tem o seguinte: ninguém está achando que somos terroristas. Nossas fofocas e piadas sem graça, nossos lamentos e bichinhos de estimação mostram que somos interessantes como mercado, não como ameaça. O que resta de bom mesmo para as “forças espiãs” são tendências de consumo, e nossa turma acaba devidamente catalogada de acordo com sexo, classe, idade, religião, o diabo a quatro.

E uma coisa é certa: tudo que estiver registrado no padrão digital está passível de ser capturado, pirateado, armazenado, reproduzido. Mesmo quando se usa criptografia. Mais cedo ou mais tarde, a tecnologia espiã vai descobrir do que trata determinada conversa. E misteriosamente surgirão produtos ou serviços sob medida para o que você está comentando. O resto... é terrorismo.

Com Pablo Vallejos

Últimas de _legado_Economia