Aumento para servidores da educação sairá na folha de junho

Ao todo, serão mais de 172 mil beneficiados, entre ativos, aposentados e pensionistas

Por O Dia

Rio - Os servidores ativos e aposentados da Secretaria de Educação, Degase e Faetec vão receber suas remunerações com o aumento de 8%, na folha referente a junho, nas datas normais de pagamento, 1° de julho para os inativos e 2 de julho para os ativos. Também vão ganhar o reajuste nestas datas os funcionários integrantes da carreira de Magistério e do Quadro de Apoio da Secretaria de Cultura.

Os servidores do Cecierj (Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro) receberão o aumento na folha de julho, com o valor retroativo a junho, em função da complexidade de cálculo do Plano de Cargos do órgão.

Os pensionistas das pastas beneficiadas também vão receber o aumento na folha de julho, paga nos cinco últimos dias úteis do próximo mês, retroativo a junho.

As leis foram publicadas no Diário Oficial do dia 18 de junho. Ao todo, serão beneficiados 172.779 servidores, dos quais 90.658 ativos, 76.348 aposentados e 5.773 pensionistas.

O aumento também foi estendido aos Adicionais de Qualificação pagos aos professores. A partir de junho, os docentes com carga horária de 16, 22 e 25 horas com Mestrado passarão a ganhar um adicional de R$ 236, enquanto os professores 40 horas receberão R$ 472. Para quem tem Doutorado, os adicionais serão de R$ 472 e R$ 946, respectivamente.

Além disso, foi criada uma tabela específica para os cargos de Professor Supervisor Educacional, Professor Orientador Educacional e Professor Inspetor Escolar, que recebiam uma Gratificação de Encargos Especiais de R$ 560 para compensar a carga horária de 25 horas semanais, e agora terão vencimento-base.

A medida regularizará a situação funcional desses cargos, pois irá equiparar a hora de trabalho aos demais profissionais de Nível Superior, integrantes dos quadros do Magistério, que atualmente cumprem carga horária de 16 e 30 horas semanais.

Os vencimentos-base variam de R$ 1.990,65 a R$ 3.336,88 para 25 horas semanais.

Últimas de _legado_Economia