Receita nega que sistema tenha sido invadido

Órgão afirma que tem tecnologia que garante sigilo dos dados

Por O Dia

Brasília - A Receita Federal negou, em nota, que tenha sido atacada por crackers, pessoas mal-intencionadas que quebram os esquemas de segurança e invadem redes de computadores. Segundo a Receita, a informação circulou por meio de alguns veículos de comunicação, dando conta de que uma lista com dados pessoais e patrimoniais de diversos políticos tinha sido “vazada”.

No momento em que se discute, cada vez mais, o acesso indevido de dados na internet, a Receita assegura que os sistemas utilizados pelo órgão têm tecnologia “que garante o total sigilo dos dados dos contribuintes, com autenticação por certificado digital e senha”. O Fisco informou que o acesso aos sistemas “só pode ser feito por meio de equipamentos da Receita, e não por computadores particulares”.

Para garantir a segurança, a Receita informou também que o acessos dos servidores públicos a esses sistemas é limitado, com regras que, entre outras, separam cada conexão aos computadores do órgão por atribuições funcionais. Para cada acesso, existe um monitoramento, com o registro da hora e do utilizador da conta, por exemplo, para evitar consultas indevidas, cabendo aos infratores processos administrativos que poderão resultar até em demissão do servidor.

“Por fim, cabe destacar que as características dos dados divulgados até o momento também não guardam relação com o perfil de informação que consta nas bases da Receita”, informou o Fisco.

Últimas de _legado_Economia