Correntistas podem, enfim, comparar tarifas bancárias

Entra em vigor norma que obriga oferta de grupos idênticos de serviço. Preço menor é R$ 9

Por O Dia

Rio - Começaram a valer ontem os pacotes padronizados de tarifas e a Caixa Econômica Federal é a instituição financeira com os valores mais em conta, de R$ 9,50 a R$23,90. A partir de agora, o correntista pode consultar os preços no site da Federação Brasileira de Bancos, por meio do endereço: www.febraban-star.org.br.

Paulo Santana e sua amiga Carolina Moreno esperam que a padronização ajude a entender as tarifasAndré Luiz Mello / Agência O Dia

Até então, o consumidor contratava serviços sem saber quanto pagava em detalhes. Em maio deste ano, porém, o Banco Central (BC) anunciou novas regras a fim de estimular competitividade entre as instituições, oferecer comparação de preços para clientes e transparência.

Com a medida, bancos terão pacotes com uma quantidade específica de serviços. Vale conferir a tabela abaixo para ver preços e mais detalhes sobre os padrões.

“Já era hora dessas informações estarem mais acessíveis para o momento de pagar pelos serviços”. Essa é a opinião de Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Proteste Associação de Consumidores.

O CLIENTE AGRADECE

“Instituições não costumam informar detalhes sobre pacotes”, ressalta a especialista da Proteste. A auxiliar de serviços gerais Maria Norma, de 60 anos, que tem dificuldades para entender as letrinhas no rodapé da fatura de banco, tem a mesma opinião. Já o empresário Paulo Santana, 58, agradece a padronização: “Antes, as pessoas não sabiam pelo quê estavam sendo cobradas”. Para ele, agora será possível questionar.

Caso haja infração às novas regras ou o cliente se sinta lesado pela instituição financeira, é possível acionar o Banco Central ou órgãos de defesa do consumidor.

De gasto zero até R$ 30,50

Apesar da medida, instituições financeiras devem oferecer pacotes básicos à custo zero ao cliente. Trata-se da resolução nº 3.919 do Banco Central, detalhada na página um, em “Serviços Essenciais, no endereço: https://goo.gl/a2mEg.

Confira as tarifasO Dia

Além deste, há o pacote prioritário, que tem preços a partir de R$ 9,50 (oferecidos pela Caixa e pelo HSBC). O preço pode chegar a R$ 30, 50, no Pacote III (Santander e Bradesco). Os bancos, porém, criaram uma espécie de pacote-extra, com quantidades de serviços entre o prioritário e o chamado “Pacote I”. Para checar os três modelos estabelecidos pelo BC, basta acessar: https://goo.gl/rlCWu.

Na dúvida, o indicado é sempre recorrer ao gerente da agência para ter mais detalhes e contratar um plano que se adequa às necessidades. A falta de informação pode esconder boas opções para clientes. Bruno Maletta, especialista da Consumoteca, por exemplo, recomenda: “Vale considerar a conta salário para fugir de tarifas”.

O QUE CADA UM OFERECE

PACOTE I
Inclui duas folhas de cheque, quatro saques, quatro extratos dos últimos 30 dias, dois extratos de outros períodos, uma transferência (DOC ou TED) e duas para a mesma instituição.

PACOTE II
Inclui cinco folhas de cheque, seis saques, seis extratos dos últimos 30 dias, quatro extratos de outros períodos, duas transferências (DOC ou TED) e duas para a mesma instituição.

PACOTE III
Inclui dez folhas de cheque, oito saques, seis extratos dos últimos 30 dias, quatro extratos de outros períodos, três transferências (DOC ou TED) e seis para a mesma instituição.

Últimas de _legado_Economia