Por tamyres.matos

Rio - A redação, que costuma ser exigida em concursos para Nível Superior, está cada vez mais presente também nas seleções para Nível Médio. Para garantir uma boa nota, é preciso tomar cuidado com o uso frequente das redes sociais, que pode contaminar a escrita com certos vícios da internet, o que prejudica o resultado final.

Professora do site QConcursos.com, Verônica Ferreira afirma que saber escrever bem é importante até nas questões de outras disciplinas. “É por meio do texto que o candidato mostra o nível de leitura e conhecimento sobre diferentes assuntos”, avalia.

Verônica Ferreira%2C professora do site QConcursos.com%2C orienta a aluna Adriana Rezende%2C 33 anosDivulgação

Se bem utilizada, a internet pode ajudar os candidatos. O problema é quando a linguagem característica dos meios virtuais passa a ser incorporada na escrita. Autor do livro Textos e Testes, da Editora XYZ, José Tavares alerta: “Como escrever é uma prática, se nos acostumamos a escrever errado, não poderemos adquirir os rudimentos básicos da boa escrita”.

LEITURA É FUNDAMENTAL

Isso não significa que os candidatos devam abrir mão da linguagem usada na Internet, mas precisam conhecer a norma culta e saber quando usá-la. “O equilíbrio é a melhor solução e o domínio da norma culta também, pois se o candidato a domina pode escolher usá-la ou não. O importante é saber o que está fazendo”, explica Camila Faro, do Universo do Concurso Público.

Segundo José Tavares, a leitura é uma das formas mais eficazes de adquirir boa escrita. “Já que usamos muito a internet, podemos ler artigos, notícias e todo tipo de publicação veiculada na rede. O ideal é buscar sites de instituições renomadas, comprometidas com o seu público leitor e com o padrão culto da língua portuguesa”.

Alguns tipos de texto podem ajudar o candidato a compreender a proposta da redação nos concursos. “Artigos de opinião ajudam a perceber como se estrutura um texto dissertativo-argumentativo”, diz Verônica Ferreira.

DICAS PARA UMA BOA REDAÇÃO

TEMA

Para a auxiliar administrativo Adriana Rezende, 33 anos, candidata ao concurso para o Tribunal Regional de Trabalho, uma das maiores dificuldades da redação é com o tema. A professora Camila Faro ressalta que “a compreensão da proposta da redação e a capacidade de selecionar, organizar e defender argumentos é extremamente importante”.

ARGUMENTAÇÃO

Na maioria dos casos, o tipo de texto exigido é dissertativo-argumentativo. “Essa modalidade textual tem suas características específicas: não deve apenas enumerar fatos, mas exigem argumentos que comprovem aquela ideia”, explica o especialista José Tavares.

ELEMENTOS EXIGIDOS

Coesão e coerência, apresentação dos argumentos, título, tema, vocabulário, elementos de referenciação (anáfora, catáfora), e domínio da norma padrão da língua escrita são os aspectos mais avaliados nas redações. “Todos estes aspectos podem ser desenvolvidos a partir da prática de escrita”, incentiva a professora Verônica Ferreira.

Você pode gostar