Sucesso nos concursos: Primeiros passos

Rotina de estudo deve estar bem definida para que você conquiste o espaço que procura

Por O Dia

Rio - Mesmo quando não temos certeza de qual área queremos seguir, algumas decisões podem garantir um melhor desempenho no concurso. A rotina de estudo, por exemplo, deve estar bem definida.

Um calendário que estabeleça as disciplinas serão estudadas a cada dia cria um ritmo que auxilia o candidato na assimilação dos conteúdos. E mais,Português e redação devem ser prioridades do concurseiro. Leia mais abaixo!

Por Claudia Jones

PERGUNTA E RESPOSTA

Não consigo emprego no mercado, apesar das tentativas. Penso em começar os meus estudos, mas ainda não sei qual concurso fazer. Não quero perder esse gás e quero começar agora. O que já posso estudar?
>Norma, Penha

Que bom, Norma, que você já está com esse pique ! Hoje em dia é difícil conseguir uma colocação no mercado privado e com toda certeza você tomou a decisão certa. Desse jeito, você não vai depender de ninguém para disputar uma vaga de emprego. Vai contar apenas com seu esforço pessoal.

O ideal é começar os estudos pelas disciplinas básicas, por exemplo, o Português. Não é uma das mais fáceis, pelo contrário, mas se você se acostumar com ela, aos poucos vai conseguir dominá-la.

Por outro lado, essa é justamente a matéria que faz o candidato começar a desanimar. Não desmonte diante da primeira dificuldade, pois a Língua Portuguesa faz uma enorme diferença na preparação.

Outro ponto são as técnicas de redação para concurso. Mesmo nos exames de Nível Médio, elas são bastante cobradas se se tornam parte decisiva da prova. A redação pode elevar a pontuação do candidato ou diminuí-la, provocando até mesmo a desclassificação.

Você deve ter em mente as áreas que considera interessantes. Vamos supor que seja a de tribunais. É fato que disciplinas como Direito Constitucional, por exemplo, serão cobradas no exame. Logo, mesmo que você ainda não saiba para qual concurso pretende se aplicar, programe-se para não perder tempo.

O ideal é ter uma agenda diária de estudos e criar o hábito. Geralmente, há um pequeno intervalo entre o lançamento do edital e a divulgação dos dias da prova. O melhor é se antecipar. Bons estudos e boa sorte!

Claudia Jones é jornalista especializada em concursos públicos

Últimas de _legado_Economia