Por paulo.gomes

Rio de Janeiro – A primeira prévia de agosto do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou inflação de 0,13%. A taxa é inferior ao 0,26% da primeira prévia de julho. O dado foi divulgado nesta quinta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

A queda da prévia foi provocada por reduções nas taxas dos três subíndices que compõem o IGP-M. O subíndice de Preços ao Produtor Amplo, que mede os preços no atacado, caiu de 0,21% na prévia de julho para 0,15% em agosto.

O Índice Nacional de Custo da Construção recuou de 1,01% em julho para 0,33% no mês seguinte. Já o Índice de Preços ao Consumidor passou de uma inflação de 0,04% para uma deflação (queda de preços) de 0,04%, com destaque para a queda de preços de 2,1% nas roupas na primeira prévia de agosto.

A primeira prévia de agosto do IGP-M foi calculada com base em preços coletados entre os dias 21 e 31 do mês de julho.

Você pode gostar