Por tamyres.matos

Rio - A Samsung está expandindo sua atuação no Brasil com a abertura de franquias. Hoje, são 44. Mas a coreana quer mais. O aumento do poder de compra ao longo dos anos e a paixão do brasileiro pelos smartphones foram estímulos para que, no início de 2012, executivos da empresa fossem chamados para reunião, na matriz, na Coreia do Sul, para discutir ações de crescimento por aqui.

Do papo para a ação, os resultados são lojas em 15 estados, entre eles São Paulo, Bahia, Paraná, Ceará, Espírito Santo, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Amazonas, Maranhão e Distrito Federal. De acordo com Demetrius Oliveira, diretor do canal de lojas próprias da Samsung no Brasil, não há um número exato de franquias que serão abertas nos próximos anos.

Segundo Demetrius Oliveira%2C o Brasil é um dos países em que a venda de smartphones mais cresceu Murillo Constantino / Agência O Dia

O importante, segundo ele, é estar em todo o país, nos principais centros. Quanto ao valor que um franqueado precisa desembolsar para ter uma loja da marca, o executivo disse que, por normas da empresa, os custos não podem ser divulgados.

Ele destacou, ainda, que o objetivo é oferecer ao cliente as melhores opções em tecnologia e em atendimento. E que, para disseminar esses conceitos, a franquia é uma das melhores ferramentas.

“O Brasil é um dos países em que a venda de smartphones mais cresceu nos últimos anos. Com as franquias, nós buscamos que os clientes conheçam todas as funcionalidades dos aparelhos, através de nossos consultores”, afirma. Além do Brasil, países como Uruguai, Paraguai e Argentina, também na América do Sul, fazem parte do projeto de expansão da Samsung.

Reportagem: Érica Ribeiro

Você pode gostar