Por bferreira

Rio - Com plano de expansão de agências em andamento, a Caixa Econômica Federal terá aumento significativo do quadro de funcionários. Para isso, a instituição confirmou que abrirá nova seleção de cadastro de reserva para cargo de Técnico Bancário, que exige Nível Médio. Além disso, o banco convocará o maior número possível de classificados do último concurso, que aconteceu em 2012.

A programadora Ana Carolina Pereira%2C 22 anos%2C começou a estudar há dois meses para o concurso da CaixaDivulgação

As vagas da seleção foram oferecidas para todo o território nacional e a remuneração inicial para o cargo era de R$1.744, com carga de trabalho de 30 horas semanais.

Em julho passado, foi autorizado, por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União, o aumento de 9.873 funcionários na estatal até 2015, sendo 4.850 em 2014 e 5.023 servidores em 2015.

Durante a Feira da Carreira Pública e Mercado de Trabalho, o gerente nacional de Remuneração e Benefícios da Caixa, Salomão Azulay, informou que não pode garantir que será esse o número de vagas que constará no próximo edital, mas disse que o objetivo da estatal é chegar a esse quantitativo de contratações.

“A visão da Caixa até 2022 é estar entre os três maiores bancos brasileiros. Por isso, a abertura de novas agências. Temos inaugurado três unidades a cada dia útil. E essa é a razão pela qual temos contratado mais funcionários”, afirmou Azulay.

Os concursos para a Caixa costumam ser para cadastro de reserva. No entanto, segundo o especialista, a empresa tem feito contratações imediatas, em função da necessidade urgente de pessoal.

O último processo seletivo, aberto em 2012, tem validade até 14 de junho de 2014, quando os candidatos classificados ainda podem ser chamados. As convocações são atualizadas diariamente no site da Caixa Federal (goo.gl/vZsLgx) ou por meio do telefone 0800 726 0101.

Edital pode ter mudanças

A programadora Ana Carolina Pereira, 22 anos, estuda há dois meses para o futuro concurso da Caixa e conta que se prepara por meio de questões de provas antigas. “Quando tenho dúvidas, procuro a teoria”, explica.

Porém, de acordo com Salomão Azulay, gerente Nacional de Remuneração e Benefícios do banco, o edital do próximo ano pode ter mudanças. “Temos uma nova empresa, novos desafios, e precisamos adequar todos os processos, principalmente na área de pessoas. E a seleção, o recrutamento, é um processo muito importante que pode, sim, ser afetado e alterado com esse novo contexto”, considerou.

Ainda segundo ele, a intenção da Caixa é iniciar 2014 com o novo edital já lançado. A banca ainda não foi escolhida e Azulay afirma que não há garantias de que a Cesgranrio, organizadora do último concurso, seja mantida.

Comece a estudar logo

No último concurso para a Caixa houve mais de um milhão de inscritos, concorrência que deve se repetir na próxima seleção. Por isso, segundo especialistas, é preciso começar a se preparar com antecedência.

“Supondo que o edital realmente saia este ano, o tempo entre a publicação e a data da prova será de, no máximo, 60 dias. Quanto antes iniciar os estudos, melhor preparado estará o candidato”, ensina Carlos Arthur Newlands, professor do Concurso Virtual.

As disciplinas cobradas nesse concurso costumam ser Língua Portuguesa, Matemática, Atualidades, Ética, Atendimento, História e Estatuto da Caixa, Legislação Específica e Conhecimentos Bancários.

Diretor acadêmico do site QConcursos.com, Fernando Bentes explica que os candidatos devem estudar as disciplinas básicas no início e deixar as matérias específicas para quando o edital for lançado.

“Recomendo que o candidato exercite seu conhecimento fazendo questões de provas passadas de concursos próximos à Caixa, como do Banco do Brasil”, afirma.

Você pode gostar