Por bferreira

Rio - O governo federal anunciou ontem, durante reunião com representantes de aposentados do INSS, a criação da Secretaria Nacional do Idoso. A nova pasta vai funcionar após a reforma ministerial que a presidenta Dilma Rousseff deve fazer no mês de dezembro.

“O Gilberto Carvalho (secretário-geral da Presidência da República) informou que a presidenta Dilma definirá qual ministério acolherá a Secretaria do Idoso, depois que escolher os novos nomes que vão ocupar as pastas com a reforma”, explicou o presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados, da Força Sindical, João Batista Inocentinni, que participou ontem da reunião em Brasília com o governo.

O dirigente sindical afirmou que os aposentados querem que a nova secretaria seja vinculada à Casa Civil ou à Secretaria-Geral da Presidência. Em último caso, aceitariam que ficasse sob a gestão do Ministério da Previdência Social.

“Não adianta colocar a Secretaria do Idoso junto com a dos Direitos Humanos. A pasta não tem projetos para aposentados e pensionistas. Queremos poder influir também da escolha do futuro secretário”, afirmou João Batista Inocentinni.

Você pode gostar