Força Militar: Comandante caça denunciante

Servidor civil da base aérea de Santa Cruz quebrou a perna e teve o atendimento médico negado no Hospital da Força Aérea do Galeão

Por O Dia

Rio - O DIA veiculou no último domingo matéria informando sobre os abusos de poder no meio militar. Um dos casos, envolvendo um servidor civil da base aérea de Santa Cruz, que quebrou a perna e teve o atendimento médico negado no Hospital da Força Aérea do Galeão (HFAG), continua repercutindo.

O comandante da base local tem gritado aos quatro ventos querendo saber a identidade do autor das denúncias. Porém, até hoje, não enviou qualquer oficial para verificar a veracidade das queixas contra a unidade hospitalar.

Para estimular o convívio pacífico entre superior e subordinado, as Forças Armadas tentam emplacar campanha contra a rabdomiólise, que se caracteriza por danos ao corpo após extenuados exercícios.

Há uma forte relação entre a doença e a atividade intensa e prolongada a que são submetidos os militares durante algumas instruções ou exercícios físicos.

Últimas de _legado_Economia