Por bferreira
Rio - Contribuintes que ainda não receberam a restituição do Imposto de Renda de 2013 e que ficarem de fora da última leva este mês devem se preocupar. A Receita Federal libera a consulta ao sétimo lote até segunda-feira. E caso não constem no próximo grupo é sinal de que caíram na malha fina. O depósito do dinheiro será dia 16.
Para se livrar das garras do Leão do Receita, o diretor tributário da Confirp Consultoria Contábil, Welinton Mota, explica que é possível fazer ajustes antes de ser convocado para dar esclarecimentos.
Publicidade
O especialista afirma que para saber se há inconsistências na declaração, provocando a retenção na malha fina é necessário verificar o extrato da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física de 2013. O documento fica disponível no portal e-CAC da Receita (www.receita.fazenda.gov.br). Para acessar é necessário usar o código de acesso gerado na própria página do Fisco, ou certificado digital.
De acordo com Mota, se houver erro, o importante é fazer declaração retificadora. O procedimento é o mesmo que para uma declaração comum. Ele explica que no campo “Identificação do Contribuinte” deve ser informada que a declaração é retificadora. O contribuinte precisa ter em mãos número do recibo de entrega da declaração anterior.
Publicidade
Nove milhões já receberam
Nos seis primeiros lotes de restituição do IR já liberados este ano mais de 9 milhões de contribuintes receberam o dinheiro.
Publicidade
A Receita Federal já reembolsou a esses contribuintes mais de R$10,6 bilhões desde junho deste ano.
O crédito do sétimo é último lote de restituição do Imposto de Renda será feito dia 16.
Publicidade