Por tamyres.matos

Rio - O Brasil ficou em segundo lugar entre os países que mais tiveram aumento de juros em 2013. De acordo com a lista do site Central Bank News, com 90 países, somente Gâmbia está à frente e ocupa a primeira colocação. A alta das taxas brasileiras no ano foi de 2,75 pontos percentuais, levando os juros a 10%. O patamar é quase o dobro da média de países pesquisados, de 5,44%. Já o aumento em Gâmbia bateu 6 pontos percentuais. No país africano, os juros são de 18% ao ano.

Gâmbia e Brasil foram seguidos de perto pela Indonésia, com aumento de 1,75 ponto percentual na taxa de juros, que foi para 7,5%. A República Dominicana ficou em quarto lugar, com aumento de 1,25 ponto percentual em 2013, indo para 6,25%.

PAÍSES QUE MAIS BAIXARAM

Já os países que mais baixaram suas taxas de juros foram Serra Leoa, que teve queda de 8 pontos percentuais, indo para juros de 12% ao ano. Depois vem a Bielorrússia, que teve queda de 6,5 pontos percentuais, indo para juros de 6,5% e a Hungria, que registrou baixa de 2,75% em sua taxa de juros, que foi para 3%.

No Brasil, o aumento deve continuar em 2014, mas a tendência é que seu ritmo desacelere ao longo do ano. De acordo com a pesquisa semanal Focus, divulgada pelo Banco Central na última segunda-feira, a projeção é que os juros aumentem 0,5 pontos percentuais até o final de 2014, mesmo com a projeção de aumento do IPCA em 5,97%.

Você pode gostar