Por tamyres.matos

Rio - Quem deixou para comprar os presentes de Natal na última hora vai encontrar filas, tumulto e promoções. Os principais shoppings da cidade vão funcionar até as 18h. Já nas ruas da Saara, as lojas fecham às 16h. No mercado popular, atrasados vão poder comprar lembranças a partir de R$ 5, com opções para todos os gostos.

Consultor de Varejo do Grupo AZO, Marco Quintarelli explica que, para comprar o presente na véspera, o importante é ter criatividade e bom gosto. “A ideia é comprar produtos curinga, como livros ou CDs. Para os homens, um bom vinho ou uma gravata bonita. As mulheres são mais críticas, mas kits de hidratantes e perfumes costumam agradar muito”, aconselha.

Já para as crianças, o especialista recomenda investir em jogos. “Hoje em dia, a maioria dos pequenos pede itens tecnológicos. No caso de adquirir presentes para irmãos da mesma faixa etária, é interessante dar um jogo de tabuleiro, em que possam brincar juntos”, diz.

Casal Cilene e Rogério Crode foram com a filha à Saara comprar os presentes de NatalAlexandre Brum / Agência O Dia

Na loja Divina Bolsas, na Saara, por exemplo, as bolsas de festa custam a partir de R$ 5. Já o modelo carteira pode ser encontrado por R$ 10. Um vestido branco bordado na loja Over Black, por sua vez, sai por R$49,90. Na Stylus, as rasteirinhas com pedras custam R$16,90.

O kit de banho com sabonete de mel, arruda e sal grosso da Empório Body Store é uma boa opção para o presente da amiga-oculta. Custa R$ 39,90 na loja do Ilha Plaza Shopping. Na Corpo e Alma do Shopping Metropolitano Barra, o kit praia com bolsa de plástico e chinelo sai por R$ 69,90.

Já consumidoras que buscam presentes para homens encontram sapatênis na Di Santinni a partir de R$49,99. Na mesma loja, os sapatos sociais custam R$54,99. Já na Ki Barato, na Saara, as bermudas estilo surfista saem por R$ 9,99. Outra dica é a bermuda de microfibra masculina da South do Caxias Shopping, que está na promoção. Passou de R$ 49,99 para 29,99.

Para as crianças também não faltam opções. Na Aidan Festas, da Saara, a boneca Joyce custa R$ 9,99. Também é possível encontrar bolas de futebol nas cores preta e vermelha a R$ 14,99. No mesmo mercado, a Barbie é vendida a R$ 26,90 na Tower Toys. A loja PB Kids do Norte Shopping, por sua vez, tem carros Hot Wheels a partir de R$ 5,99.

A dona de casa Cilene Crode, 41 anos, foi ao comércio popular do Centro ontem com o marido Rogério Crode, 47, e a filha Nathalia, 9. “Não gosto de deixar para última hora, mas esse ano não tive tempo de vir antes. Escolhemos a Saara porque tem variedade e bons preços”, contou Cilene.

Cliente teme risco de pagar mais caro por lembranças

A atriz Rayane Amaral, 22 anos, foi ontem ao Norte Shopping comprar os últimos presentes. “Acho que vindo na última hora corremos risco de pagar mais caro, além disso, a variedade diminui”, lamenta. Mesmo assim, a jovem conta que conseguiu levar as lembranças que faltavam para a família.

O advogado William Carneiro, 28, esteve no mesmo shopping e concorda com Rayane. Segundo ele, quem compra com antecedência leva vantagem porque encontra produtos mais baratos e com mais opções. “É o preço que se paga por deixar para a última hora”, explica o advogado.

A atriz Rayane Amaral comprou presentes para os familiares e ainda escolheu um sapato para elaAlexandre Brum / Agência O Dia

Na Saara, o casal Jacira e José Carlos Pereira Lima, ambos de 51 anos, não se arrepende de ter ido às compras mais tarde. “Estamos escolhendo agora os presentes para a família toda. Valeu a pena esperar, pois os preços estão bons. Deixamos para a última hora por preguiça mesmo”, brincou Jacira.

Para Marco Quintarelli, a dica é não ter muita pretensão ao comprar as lembranças na véspera do Natal. “Lojas de departamentos e hipermercados costumam ter mais variedade de produtos com preços acessíveis”, recomenda.

Saída é pesquisar antes de comprar

A enfermeira Cristina de Freitas, 27 anos, procurava ontem presentes para a mãe no Norte Shopping. “Dou preferência para acessórios ou cosméticos porque sempre agrada”, diz.
Já a professora Vera Lúcia França, 41, foi à Saara em busca de uma lembrança para o amigo-oculto da família. “Tem que pesquisar para encontrar bons preços”, aconselha.

Nesta segunda-feira, o Procon-RJ anunciou o fim da operação Ho! Ho! Ho!. No dia 21 aconteceu a última vistoria, em 11 supermercados do Rio. Os fiscais recolheram 307 kg de produtos impróprios para o consumo. Ainda neste mês, a autarquia vistoriou dez shoppings e autuou 229 lojas que não estavam de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Você pode gostar