Por tamyres.matos

Rio - Quem tem filho no Ensino Médio deve se preparar: o custo dispara. Segundo levantamento do DIA, o material escolar do segundo ano do antigo 2º Grau sai por R$1.935,90. Nesse caso, o desconto de 10% reduz o valor para R$ 1.724,31, cuja diferença é R$ 211,59, suficiente para comprar quase dois livros didáticos. Se o aluno cursar o sétimo ano do Ensino Fundamental, o gasto fica menor, mas não sai por menos de R$ 1.074,44 incluindo livros e itens de papelaria. Caso a família ou o grupo de compra coletiva consiga obter os 10% de desconto, o custo baixa para R$ 966,99, uma diferença de R$107,45, quase o valor de um livro de Língua Portuguesa ou Ciências que custam R$ 119.

Devido à concôrrência, o custo dos materiais costuma ser mais barato nos grandes centros, a exemplo do Rio, do que em cidades de menor porte. Por conta disto, a maranhense Raimunda de Melo Silva, 33, que mora no Rio, colocou o sobrinho em uma escola do estado nordestino. Ela se responsabilizou pela educação do garoto e fará as compras do material na capital carioca.

Mãe e filha saíram juntas para escolher cada item da lista. Natália Vilas Boas e Lívia anteciparam a compra e já estão livres da obrigaçãoJoão Laet / Agência O Dia

A estimativa dela é gastar até R$ 150 com itens como cartolina, resma de papel A 4, lápis de cor, e outros produtos de papelaria. “Dessa conta, vão faltar os livros didáticos e o uniforme, que ficarão para o meu irmão pagar. Aqui no Rio, além do custo ser menor, a gente tem mais diversidade de produtos”, disse, fazendo comparação com a cidade natal.

Ela vai despachar o material à família utilizando o serviço de entrega por ônibus e espera finalizar tudo antes de fevereiro. A distância entre Rio e São Luis, no Maranhão, é de 2.852 quilômetros. A viagem dura três dias e 10 horas.

AUXÍLIO VIRTUAL
Os pais têm agora mais um auxílio virtual na hora de comprar o material escolar. Isto porque foi lançado em outubro o portal Itspaper, que faz uma busca na rede e encontra os menores preços do mercado.

INVESTIMENTO
Presidente da empresa, Carlos Eduardo Lima investiu R$ 500 mil no negócio e tem previsão de faturar R$ 5 milhões por ano com o serviço. O Itspaper funciona por meio de parcerias com fabricantes e atacadistas, e oferece aos pais todos os itens da lista escolar, incluindo livros.

COMPRA FACILITADA
A compra é feita pelo site, com pagamento facilitado e sem juros. Já a entrega leva até sete dias úteis. Os pais têm ainda a opção de solicitar o encapamento dos livros e cadernos. O serviço tem custo adicional.

400% DE VARIAÇÃO
Segundo Lima, o gasto com material escolar compromete bastante a renda familiar, e os preços dos produtos podem variar até 400% de uma papelaria para outra. Ele afirma que o consumidor já pesquisa para pagar menos, mas o Itspaper oferece uma busca maior, ampliando a possibilidade de economia para quem compra.

PESQUISAR SEMPRE
Professor do Ibmec-Rio, o economista Nelson de Sousa reforça a necessidade de pesquisar antes de comprar. “Pagar à vista é uma boa ação, principalmente porque dá poder de barganha”, disse, em relação a negociar descontos. Porém, em caso de parcelamento, o consumidor deve fugir dos juros do crediário, do cheque-especial e do cartão de crédito.

DICAS
Como dica, ele sugere que os pais se juntem para adquirir o material escolar em grande quantidade. “Fazendo assim, é possível obter desconto maior, e forma de pagamento diferenciada”, frisou, acrescentando que sites de compra coletiva também são boas opções para quem quer mais por menos, mas é preciso utilizar portais reconhecidos, para evitar fraudes no comércio eletrônico.

KALUNGA VIRTUAL
Outra opção é a loja virtual da Kalunga que à medida que o consumidor vai ampliando a busca, visualiza o preço unitário e para grandes quantidades. Por exemplo, o papel sulfite 75 gramas custa R$ 13,70, mas o cliente pode pagar R$ 12,90 em dez unidades ou R$ 11,40 em 50 unidades.

EDITORAS NA NET
Atualmente boa parte das empresas têm portal na internet, onde os consumidores podem checar o custo dos livros e até negociar a aquisição do produto. O pagamento é feito com cartão de crédito e pode ser direto com a empresa ou por meio do PagSeguro, sistema eletrônico que oferece segurança nas transações online.

REFERÊNCIA
Os pais podem ainda solicitar à escola as lojas tidas como referëncia para adquirir os itens.

Você pode gostar