Por thiago.antunes

Rio - A negociação do salário no momento da entrevista de emprego requer habilidade, por isso, é melhor deixa-la para o fim da conversa. Para encontrar o valor salarial justo, pesquise, entre amigos e na internet, o salário praticado pelo mercado para o cargo almejado, em empresas do mesmo ramo e porte. O candidato também deve saber o limite mínimo de remuneração que irá aceitar, tendo em vista seu salário no último emprego.

Porém, outros fatores devem ser levados em consideração na hora de escolher um emprego, como as oportunidades de crescimento, os treinamentos oferecidos pela empresa, a qualidade de vida e os benefícios. Além disso, avalie o porte da companhia e oportunidades de fazer novos contatos. Leia a seguir algumas outras dicas.

Pergunta e resposta

“Vou começar o ano participando de processos seletivos para oportunidades de emprego e precisarei negociar o salário com o entrevistador de cada empresa. No entanto, não tenho experiência nesse tipo de conversa, o que me deixa inseguro. Como devo proceder?”
Alexandre, Tijuca

Olá, Alexandre! Em primeiro lugar, procure conseguir uma proposta financeira por parte do entrevistador. Pergunte também se há benefícios, plano de carreira, treinamentos para os funcionários e se haverá necessidade de fazer horas extras.

Esteja aberto para ouvir a proposta da empresa, tendo em mente que a recompensa pelo trabalho não é apenas o salário. É um pacote que inclui fatores não financeiros, mas que também devem ser considerados: as oportunidades de crescimento, os treinamentos oferecidos pela empresa, a qualidade de vida e os benefícios. Converta os valores dos benefícios em salário, pois tudo que nós deixamos de gastar é ganho. Por exemplo, os planos de saúde e odontológicos. Caso a empresa não faça uma proposta, deixe claro que sua expectativa é de que a futura remuneração seja maior que a anterior, em função da sua experiência acumulada. Nunca use argumentos pessoais, como estar com dívidas.

Carreira

Além desses fatores, outros também têm peso na escolha de uma vaga. Leve em consideração o porte da empresa, o cargo em questão e a oportunidade de adquirir experiência e fazer networking, ou seja, expandir a sua rede de relacionamentos. Para a carreira, ter novos contatos profissionais e adquirir conhecimento são fatores de muita importância.

Após considerar todos esses pontos em sua avaliação, você tem grandes chances de apresentar uma boa proposta e avaliar se a contraproposta do entrevistador é interessante, tomando assim a melhor decisão. Por fim, procure demonstrar tranquilidade durante toda a conversa, pois isso contará pontos com o avaliador. Boa sorte na negociação e no futuro emprego!

Janaina Ferreira é professora do Ibmec-RJ

Você pode gostar