PM vai reabrir concurso para soldado após 25 de maio

Antes, corporação convocará 1.849 aprovados de 2010. Estão mantidas seis mil vagas previstas para este ano

Por O Dia

Rio - A Polícia Militar do Rio informou nesta quinta-feira que deve reabrir depois do dia 25 de maio as inscrições do concurso para seis mil vagas de soldado, que foi suspenso na última terça-feira. Conforme nota divulgada pela instituição, “em função de haver a necessidade da convocação dos candidatos aprovados no concurso de 2010 para o Curso de Formação de Soldados, a Polícia Militar adiou as inscrições do atual concurso para o fim do mês de maio”.

A medida atende decisões do Supremo Tribunal Federal (STF), que julgou procedente e deu ganho de causa a candidatos em certames pelo país, determinando a convocação dos aprovados em seleções antes da convocação de outro concursos.

Segundo a PM%2C o adiamento ocorreu devido à necessidade de convocar os aprovados no último concursoDivulgação

Na nota, a PM informa que todos os interessados, que já haviam feito a inscrição, terão a quantia de R$100 devolvida. Segundo a corporação, o processo de devolução do dinheiro se inicia a partir do dia 16 de janeiro, quando se encerra o prazo de vencimento do boleto. A seleção adiada teve 26.128 inscritos somente no primeiro dia.

Conforme a PM, só após o dia 16 é que o número total de pessoas que pagaram o boleto será conhecido. “Os candidatos que pagaram o boleto devem, a partir do dia 17, acessar o site https://www.exatuspr.com.br (banca organizadora do concursos) para saber como os valores serão restituídos”, explica a nota.

Convocação para Copa

Em relação à convocação dos 1.849 aprovados no concurso anterior, a PM informou que são 1.782 vagas masculinas e 67 femininas, que serão preenchidas para atender às necessidades imediatas da Segurança Pública, tendo em vista a proximidade da Copa do Mundo. A previsão é que sejam chamados inicialmente, para o Curso de Formação de Soldados, os primeiros 500 aprovados no certame.

A Polícia Militar do Rio conta atualmente com cerca de 47 mil soldados efetivos e espera ter 60 mil homens e mulheres em atividade até 2016, quando ocorrerá as Olimpíadas na cidade. Marcelo Carvalho, 29 anos, espera que o próximo concurso ocorra ainda no segundo semestre, já que ele está na idade limite para ingressar na corporação, que é acima de 30 anos. “Se o novo edital não sair logo não terei mais chance”, argumentou.

Candidatos vão protestar

Os milhares de candidatos que aguardavam há mais de um ano para participar do novo concurso da Polícia Militar do Rio ganharam um novo alento com o anúncio de que as inscrições serão retomadas após o dia 25 de maio.

Ainda assim, há vários grupos de discussão na internet criticando o vai e vem da corporação. Até ontem, um contingente se mobiliza para promover manifestação na próxima terça-feira, dia 14, às 9h, em frente ao Quartel Geral da PM-RJ, na Rua Evaristo da Veiga, no Centro do Rio. Os organizadores esperam reunir mais de 16 mil interessados no certame.

Para o advogado especializado em concursos públicos, Sérgio Camargo, não há, tecnicamente, nenhum problema no adiamento das provas. “Como não há nenhuma legislação sobre o assunto, o órgão em questão tem o poder discricionário de cancelar o concurso. Lógico, desde que devolva o que candidato gastou com a inscrição”, explicou Camargo.

Últimas de _legado_Economia