Carnaval este ano será da Valdirene e do ‘bigode grosso’

Folião que quer se esbaldar já encontra fantasias e acessórios com preços a partir de R$ 1

Por O Dia

Rio - Foi dada a largada para o Carnaval de rua, e os foliões já encontram fantasias e acessórios a partir de R$ 1 para usar nos blocos. No comércio popular, confetes e serpentinas enfeitam as vitrines das lojas, que querem lucrar até 30% com a festa de Momo. Este ano, as tendências para a folia vão desde as roupas usadas pela personagem Valdirene, interpretada por Tatá Werneck na novela ‘Amor à Vida’, até bigodes falsos, em referência à música ‘Bigode Grosso’, da funkeira Mc Marcelly. As tradicionais máscaras também vão marcar presença.

Presidente da Sociedade dos Amigos e das Adjacências da Rua da Alfândega (Saara), Ênio Bittencourt afirma que o Carnaval é uma das épocas mais lucrativas para o comércio da região. “Para este ano, esperamos aumento de 30% nas vendas. O movimento já começou e a tendência é crescer até março”, diz ele.

Mercados populares do Rio já se preparam para atender aos foliões em busca de fantasiasCarlo Wrede / Agência O Dia

Já a subsíndica do Mercadão de Madureira, Sheila Reis, prevê crescimento de pelo menos 5% nas vendas das lojas durante o período. "As fantasias já estão nas vitrines. O que tem sido mais vendido, por enquanto, é spray de espuma, confete e serpentina. As vendas devem crescer na segunda semana de fevereiro”, explica.

Sucesso na novela das 21h, as roupas nada discretas da personagem Valdirene já podem ser encontradas nas lojas da Saara. É possível comprar calças legging coloridas a partir de R$ 19 e tops por R$ 9,90. Além disso, a periguete abusa de acessórios, como pulseiras, que custam a partir de R$ 1,99.

Consultora de estilo, Renata Abranchs confirma que fantasias inspiradas no visual de Valdirene são sucesso garantido nos blocos. “É só colocar um short colorido, um body ou top, de uma forma meio descombinada. Pode acrescentar batom vermelho, meia arrastão e um tamanco. Está pronta”, ensina.

O estilo da periguete Valdirene vai fazer sucesso no CarnavalReprodução

Os acessórios da mãe da personagem na trama, Márcia, interpretada por Elizabeth Savalla, também vão fazer a cabeça das foliãs neste Carnaval. A vendedora da Maik Mik na Saara, Eslaine da Silva Amaral, 20 anos, é fã das flores no cabelo. “Já vendi muito. As mulheres adoram esse enfeite”, conta. As flores custam a partir de R$ 2.

Bigodes falsos têm feito sucesso e podem ser comprados por R$ 1 na Saara. “É tendência. Todo dia vendemos muitos”, diz a vendedora Camila Biancardi, 20, da Brink Festas. As máscaras variam de R$4 a R$150.

O importante é usar a criatividade

No Carnaval vale tudo. Além das tendências do momento, os foliões devem explorar outras fantasias, como baiana, sereia e melindrosa, tradicionais nos blocos do Rio. Usar a criatividade e fugir do lugar-comum é ainda mais recomendável. Mas o importante, segundo a estilista Renata Abranchs, é não abrir mão do conforto na hora da folia.

“O ideal é abusar de peças leves, que podem ser molhadas e secar rápido, como o algodão. Nos blocos, tênis é fundamental. Sapatilhas também funcionam, mas são frágeis para o combate. Nesse caso, o melhor é comprar uma sapatilha de fantasia, que é praticamente descartável. Chinelinhos não são recomendáveis, pois deixam os pés expostos a pisões e sujeira”, explica a consultora de moda.

Para quem não quer gastar dinheiro, é possível criar fantasias com peças que a pessoa já tem no armário. “Todo ano vou de Frida Khalo, com flores no cabelo, um vestido bordado e batom vermelho”, conta.
Ela sugere ainda o visual africana, com uma canga fazendo um turbante na cabeça, e jogadora de futebol. “É só usar um meião, tênis e a camiseta do time do namorado”, sugere a consultora.

Últimas de _legado_Economia