Por nara.boechat

Rio - Fundador com mais nove pessoas da agência de turismo Tabritour, no Morro Tabajaras-Cabritos, Gilmar Lopes, 42 anos, foi treinado pelo Sebrae/RJ. Hoje é um guia credenciado para a atividade.

A partir da capacitação, ele desenvolveu dois tipos de passeios na comunidade: uma caminhada simples do topo do morro até a entrada da favela; e a chamada trilha radical, da base até o topo, que exige um esforço físico maior do visitante. O caminho foi aberto pelo próprio Gilmar, tendo como diferencial uma vista 360 graus da Zona Sul do Rio.

Para ele, levar o turismo para a localidade vai valorizar muito a qualidade de vida dos moradores. “A essência é o turismo, mas o nosso objetivo é inserir a nossa comunidade na sociedade”, diz.

Helena Moraes%2C dona do brechó Quebra Galho%2C no Vidigal%2C exibe decoração preparada especialmente para os moradores da comunidadeJosé Pedro Monteiro / Agência O Dia

A empresa Infnet patrocina toda a parte de criação virtual, como sites. De acordo com Gilmar, o principal problema para o empreendedorismo local é a falta de mobilidade na comunidade: “As ruas são muito estreitas e só passa um carro por vez. Isso atrapalha a chegada dos turistas.”

Proprietária do brechó Quebra Galho, o primeiro do Vidigal, Helena Moraes, 52 anos, montou a atividade com as doações que o pai, mecânico, recebia de clientes. A decoração é toda feita de objetos reciclados, tornando o local uma referência na comunidade.

Para oferecer um melhor produto aos turistas e aos próprios moradores do morro, ela também transformou o local em um bar. Apesar do movimento de viajantes, ela diz que não pretende aumentar o preço do cardápio e nem dos objetos da loja por conta da Copa do Mundo.

“Estou sempre pronta para tudo, pode vir quem vier que vou atender da mesma forma”, diz Helena.

Para aprender a empreender

SAIBA EMPREENDER
O curso do Sebrae/RJ é destinado aos interessados em iniciar um negócio que queiram adquirir noções de como gerir um empreendimento. Também é voltado aos proprietários de pequenos negócios que almejam capacitação em empreendedorismo e que precisam repensar a empresa. Carga horária de 16 horas.

INICIANDO UM NEGÓCIO
Foi desenvolvido para pessoas que tenham a pretensão de iniciar um negócio e queiram ter noções básicas de como gerir um empreendimento. A carga horária é de 30 horas.

SEI EMPREENDER
Aulas são direcionadas a Microempreendedores Individuais que tenham interesse em desenvolver competências relacionadas à gestão do negócio, com foco na administração de dificuldades, valorização do sucesso e no controle. A carga horária é de 5 horas.

SEI PLANEJAR
O curso é direcionado aos Microempreendedores Individuais com interesse em conhecer a importância do planejamento para alcançar expectativas, metas e melhoria dos resultados. A carga horária é de 5 horas.

SEI VENDER
Esse módulo é destinado aos Microempreendedores Individuais que tenham interesse em desenvolver competências relacionadas ao processo de vendas, com foco na adoção do marketing, visando entender as necessidades do mercado e ampliar as possibilidades de crescimento no negócio. A carga horária é de 5 horas.

TÉCNICAS DE VENDA
Foi pensado para os empresários e profissionais do comércio varejista que querem ter noções básicas de aprimoramento nos serviços de venda para seus negócios. A carga horária é de 15 horas.

COMO COMPRAR
São aulas para fornecedores, empresários de micro e pequenos negócios que possuem interesse em fornecer produtos e serviços para a administrações públicas federal, estadual, distrital ou municipal.

MATRÍCULAS
www.ead.sebrae.com.br/lista-de-cursos/.

Você pode gostar