Por nara.boechat

Rio - Os moradores do Jacarezinho e de Manguinhos, na Zona Norte do Rio, vão ser os próximos beneficiados pelo projeto Prev Comunidade do INSS. A unidade móvel do instituto prestará serviços previdenciários para quem mora nas duas localidades, que reúnem 83.092 pessoas, entre os dias 19 e 21 deste mês. As duas regiões estão pacificadas e possuem Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

O instituto também levará este mês o Programa de Educação Previdenciária (PEP) a comunidades com número menor de moradores e que têm UPPs. A primeira a receber o PEP será a do Cerro-Corá, na Zona Sul. A data da visita ainda não está definida.

Na Cidade de Deus%2C mais de 750 moradores foram atendidos. A maioria procurou serviço de contagem de tempo de contrição previdenciáriaFabio Gonçalves / Agência O Dia

Em março, será a vez das comunidades do Escondidinho/Prazeres, em Santa Teresa. Associações de moradores e ONGs locais funcionarão como ‘agências avançadas’ parceiras do INSS.

Haverá palestras sobre direitos e serviços oferecidos pelo instituto. A ideia é capacitar líderes comunitários para atuarem como disseminadores. Eles terão condições de auxiliar moradores que precisarem de serviços ou informações mais simples sem precisar ir à agência da Previdência Social.

750 ATENDIMENTOS

A primeira área que recebeu o projeto Prev Comunidade foi a Cidade de Deus, na Zona Oeste, entre o dia 22 e 24 do mês passado. Mais de 750 moradores foram atendidos. A maioria procurou serviço de contagem de tempo de contribuição para verificar se as condições de requerer aposentadoria foram cumpridas.

Com o Prev-Móvel, além de calcular tempo de serviço para se aposentar, empregados informais têm oportunidade de fazer inscrição no cadastro do INSS e as doméstica podem verificar se os patrões estão em dia com as contribuições. Microempreendedores também podem se inscrever no programa Empreendedor Individual.

A unidade itinerante possui nove pontos de atendimento instalados o que permite receber cerca de 400 segurados por dia. Assim como na Cidade de Deus, o veículo ficará estacionado em um ponto estratégico da região. O público será atendido de 9h às 15h.

O objetivo do projeto, segundo o INSS do Rio, é levar serviços e garantias sociais às comunidades retomadas do poder do tráfico. Conforme a coluna Aposentado do DIA antecipou com exclusividade em maio do ano passado, a cada mês, o Prev-Móvel percorrerá comunidade com UPP. Depois do Jacarezinho/Manguinhos, serão atendidas áreas do Complexo do Caju, Rocinha, Borel/Formiga, Mangueira, Macacos, Cantagalo/Pavão-Pavãozinho, São Carlos, Vidigal, Salgueiro/Turano e Barreira do Vasco/Tuiti.

Você pode gostar