Por tamyres.matos

Rio - Uma das primeiras preocupações que se deve ter ao decidir onde aplicar seus recursos é: tenho o perfil adequado para investir na Bolsa de Valores? Antes de mais nada, é necessário responder a si mesmo se você está preparado para alguns aspectos, como estar disposto a aprender, por exemplo.

É preciso entender que para ter sucesso na Bolsa, será preciso estudar como funciona seu sistema de operação, pois existem técnicas de análise, tipos de investimentos e operações bem diferentes disponíveis para os investidores, e isso exige muita paciência e dedicação.

Em seguida, é fundamental ter noção de todos os riscos envolvidos, ou seja, saber que ao longo do tempo poderão haver ganhos e perdas com os seus investimentos, o que é natural.

Por Jair Abreu

PERGUNTA E RESPOSTA

Tenho muita vontade de investir em ações da Bolsa, mas não sei como entrar nesse mercado. Há um valor mínimo de investimento? É preciso contratar um corretor?
>Beatriz, Vila Isabel

Beatriz, não é recomendado investir todos os recursos disponíveis na Bolsa de Valores, e sim destinar somente parte para esse fim, pois quanto maior for o investimento, maior será o risco inerente. Por esse motivo, se faz muito importante manter outros investimentos, seja no Tesouro Direto, em Fundos de Renda Fixa ou até em ouro, sempre considerando os respectivos riscos.

Dessa forma, em caso de baixa na Bolsa de Valores, você não precisará se desfazer de suas ações em um momento não propício. Observo que correr riscos não é anormal, mas sempre de maneira consciente e de acordo com o perfil do investidor.

Não basta escolher as ações que aparentemente tenham bom desempenho no mercado, pois é necessário, em primeira instância, conhecer qual é sua tolerância em se arriscar nesse tipo de investimento.

Há duas formas de participação nesse mercado: por conta própria ou através de alguém que o faça por você. No primeiro caso, é preciso abrir uma conta na corretora de valores, que poderá oferecer acesso aos diversos tipos de investimentos, que em geral seu banco não oferta, caso você só tenha a conta corrente. Além disso, será possível investir em qualquer ativo negociado na Bolsa de Valores e títulos do Tesouro Direto, que é excelente alternativa para a Poupança.

Geralmente as corretoras oferecem muitas informações para seus clientes, tais como análises do desempenho das melhores ações, recomendações de compra e venda e cursos sobre o assunto. Você terá também acesso à plataforma de internet da corretora visando à realização de operações (Home Broker). O papel da corretora é intermediar as operações de compra e venda. Assim, no caso extremo de uma corretora falir, você não perderá suas ações. Caso você tenha algum dinheiro, como saldo em sua conta, não precisa se preocupar.

Jair Abreu é coordenador em Gestão Financeira da Universidade Estácio de Sá

Você pode gostar