Por karilayn.areias
Fernando Damas e Eduardo Corrêa (à direita)%2C sócios da Fast Good%2C de comida saudávelDivulgação

Rio - Para atrair consumidores cansados de pagar um alto preço por lanches em aeroportos, a rede de vending machines de comida saudável Fast Good chega no terminal Santos Dumont, no Rio de Janeiro, na semana que vem. A novidade, segundo os sócios, deve chamar a atenção dos consumidores e causar desconforto nas lanchonetes concorrentes.

O objetivo dos sócios Fernando Damas, 29 anos, e Eduardo Corrêa, 45 anos, é testar o modelo de negócio no aeroporto para, futuramente, replicar a fórmula em outros terminais e até em shoppings. O preço dos sanduíches e saladas varia entre R$ 8 e R$ 11 — na lanchonete Pátio 3 Corações, na praça de alimentação do terminal, por exemplo, um lanche natural custa a partir de R$ 9.

O valor dos produtos da vending machine, contudo, pode aumentar conforme a pressão dos concorrentes e demanda do mercado. "Se colocar um preço muito baixo, os concorrentes vão mandar tirar as máquinas", prevê Damas. "Temos duas vending machines no Santos Dumont em caráter experimental. O que prejudica nossa expansão em aeroportos é a logística porque os produtos são perecíveis e os fornecedores estão em São Paulo", pondera Corrêa.

Segundo o empresário, a rede possui atualmente 14 máquinas em operação em consultórios médicos e academias no País — além do aeroporto Santos Dumont. A expectativa é que esse número suba para 100 até o final de 2014, primeiro ano de operação da Fast Good. Cada máquina tem espaço para 320 produtos. "Esperamos ter um faturamento de R$ 500 mil ao ano", calcula Corrêa.

Também em março, a rede lança a Fast Good Organic Cofee, máquinas de café para escritórios e consultórios. O primeiro equipamento será instalado semana que vem em uma clínica médica. "Quando decidi criar uma empresa contratei uma consultoria que me ajudou a concluir que o setor de alimentação saudável era tendência de mercado. Foi um chute certeiro", considera Corrêa.

Diferencial competitivo

Para Guilherme Siriani, diretor de Expansão da consultoria de varejo ba}STOCKLER, desbravar aeroportos é uma boa oportunidade de negócio, porém exige diferencial do empreendedor. "É preciso fazer uma força-tarefa para mostrar que o produto é bom e diferente. O aeroporto é um ambiente competitivo e sotifiscado que exige alimentos de qualidade e frescor", alerta Siriani.

Na avaliação do consultor, o preço dos produtos da Fast Good vai chamar a atenção não só dos consumidores, como dos próprios concorrentes — que podem não concordar com o esquema de comodato da vending machine: "Se o empresário conseguir manter o preço baixo com qualidade, com certeza vai ganhar notoriedade", concluiu.

Você pode gostar