Autorizado concurso para 600 vagas de agente na PF

Remuneração inicial é de R$ 7.514,33. O edital tem seis meses para ser publicado, mas enquanto isso, candidatos podem estudar por meio de provas anteriores

Por O Dia

Rio - O Ministério do Planejamento autorizou ontem, por meio de portaria no Diário Oficial da União, o concurso público para 600 vagas na Polícia Federal. As oportunidades são para o cargo de agente, que exige Nível Superior e tem remuneração inicial de R$ 7.514,33, de acordo com a pasta.

O edital ainda não foi lançado, mas os interessados nas vagas já podem começar a estudar com base na última seleção, de 2012. Foi aplicada prova objetiva com 120 questões e uma redação de 30 linhas. Além disso, os candidatos fizeram teste de aptidão física com flexões em barra fixa, teste de impulsão horizontal, corrida de 12 minutos e natação.

Já as disciplinas cobradas nas provas objetivas foram Língua Portuguesa, Informática, Atualidades, Raciocínio Lógico, Administração, Economia, Contabilidade, direitos Penal, Processual Penal, Administrativo, Constitucional e Legislação Especial.

A organizadora do último concurso foi a Cespe/UnB. Essa banca costuma aplicar provas no estilo certo ou errado, sendo que cada resposta incorreta conta menos dois pontos. Diretor do site QConcursos.com, Fernando Bentes destaca que para se acostumar com esse modelo, é importante que o candidato estude por meio da resolução de questões de provas anteriores.

“Outra característica da banca é fazer armadilhas para o conhecimento do candidato, com perguntas capciosas. Por isso, se a pessoa tiver dúvidas nas questões, é melhor deixar em branco”, aconselha o professor.

O Ministério da Justiça tem prazo de seis meses, contando a partir de hoje, para escolher a banca da seleção deste ano e publicar o edital. Provavelmente, a Cespe será mantida, já que organiza concurso ainda em andamento para os cargos de escrivão, delegado e perito na corporação.

Últimas de _legado_Economia