Universidades ajudam a fazer o Imposto de Renda

Serviço é gratuito e oferecido pela Unicarioca, Unigranrio e Anhanguera de Niterói. Faltam somente 11 dias para contribuinte acertar contas com o Leão

Por O Dia

Rio - Quem ainda não fez a declaração de Imposto de Renda e tem dúvidas para preencher o documento pode contar com ajuda e orientação de instituições de ensino que oferecem serviço gratuito para o acerto de contas com o Leão. Os interessados podem procurar a Unicarioca, Unigranrio e a Unian-Niterói.

Em três unidades da Universidade Unicarioca são feitos atendimentos de segunda a sexta-feira, a partir das 19h. Em Jacarepaguá (segundas-feiras, das 19h às 20h, terças, quartas e sextas, das 19h às 21h), em Bento Ribeiro (segundas-feiras, das 19h às 20h, terças e sextas, das 20h às 21h, quartas e quintas, das 19h às 21h) e no Méier (sextas, das 19h às 21h). Não há necessidade de inscrições antecipadas. Informações e o endereço das unidades são passados telefone (21) 2563-1919 ou no site www.unicarioca.edu.br.

Outras duas universidades vão prestar o serviço gratuito, mas somente no próximo dia 26. O interessado pode fazer a declaração, das 9h às 16h, em um dos laboratórios de informática de quatro unidades da Unigranrio. (Duque de Caxias, São João de Meriti, Lapa, Carioca e Penha. Informações: www.unigranrio.br.

No Centro Universitário Anhanguera de Niterói (Unian), alunos do curso de Ciências Contábeis, supervisionados por professores, darão apoio a aqueles quem tem dúvidas das 9h às 17h, dia 26. Não é preciso agendar.

“A iniciativa tem por objetivo não só ajudar a comunidade, mas também preparar os estudantes para o dia a dia da profissão, proporcionando vivência e aprimoramento dos conhecimentos adquiridos em sala de aula”, comenta o professor Cristiano Mariella, coordenador do curso de Ciências Contábeis da Anhanguera de Niterói.

Faltando apenas 11 dias para o fim do prazo, pouco mais de um terço dos contribuinte aptos enviaram o formulário à Receita. Eles têm até dia 30. Segundo o último balanço do Fisco, até às 17h de quinta-feira 11,4 milhões, de 27 milhões esperados, regularizaram a situação.

Fraudes dão prejuízo de R$ 11 milhões

Para coibir fraudes nas declarações de Imposto de Renda, a Superintendência da Receita Federal em Minas Gerais, o Ministério Público (MP) e a Polícia Federal (PF) deflagraram ontem a operação ‘Não te Pertence’. Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em escritórios de contabilidade e residências de Belo Horizonte e Leopoldina, na Zona da Mata de Minas.

De acordo com a Receita, os prejuízos podem ultrapassar R$ 11,2 milhões, devido ao uso de recibos falsos e deduções ilegais. “O prejuízo pode ser ainda maior, chegando a triplicar o número quando conseguirmos identificar os beneficiários”, explica o chefe da Divisão de Fiscalização da Receita em Minas, Mário Dehon Santiago.

O fisco esclarece que responde pela ação tanto quem vende o falso recibo com tratamento de saúde como quem usa este documento. Eles terão seus nomes encaminhados pela Receita ao MPF para que respondam à ação penal. O contribuinte que participou do esquema está sujeito à pena que pode variar de um a cinco anos de reclusão mais multa.

NOVIDADES

Presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Estado do Rio de Janeiro (Sescon RJ), Lúcio Fernandes ressalta que este ano a Receita oferece algumas novidades como a declaração pré-preenchida e que tem o auxiliar de preenchimento. “Essas novidades podem trazer mais dúvidas para o contribuinte. Por isso, quem não consegue sozinho deve buscar ajuda”, avalia o presidente da entidade que dá orientações no site www.sescon-rj.org.br.

Amerson Magalhães, diretor da Easynvest Título Corretora, alerta que o contribuinte deve estar atento aos informes de rendimentos financeiros, emitidos por bancos e pelas fontes pagadoras. “Estes documentos são essenciais, pois trazem dados necessários para que a declaração seja preenchida corretamente”, adverte.

Últimas de _legado_Economia