Sucesso nos Concursos: Como estudar sem o edital?

A prática de publicar editais poucos meses antes das provas deixa muitos concurseiros confusos

Por O Dia

Rio - Muitos editais são publicados poucos meses antes das provas. Essa prática deixa muitos concurseiros confusos, por ainda não saberem o que estudar. Mas é possível se preparar mesmo assim. A dica principal é analisar os editais dos concursos anteriores, para os mesmos cargos, e ver as disciplinas exigidas, seguindo o programa de estudo.

Caso haja alguma alteração no documento oficial, o candidato que seguiu esse conselho já estará em vantagem. Entretanto, as regras de estudo são as mesmas: buscar uma boa apostila de autores renomados, organizar-se para criar uma rotina de estudo e seguir até conseguir a vaga esperada. Para mais informações sobre como passar nas provas, mesmo sem ter acesso ao edital oficial, leia abaixo.

Pergunta e resposta

“Quero estudar para o concurso do Inca, mas não sei por onde começar, pois a banca ainda não foi contratada. Como estudar? O que preciso levar em consideração para não me prejudicar mesmo sem saber o conteúdo programado?” Amanda, Jardim Guanabara

Amanda, este concurso sairá ainda este ano, de acordo com notícias, e esta é a hora de começar a estudar de fato. A melhor estratégia, no caso de falta de informação sobre a banca organizadora, é seguir o que foi pedido no último edital do concurso.

Os conteúdos programáticos exigidos para o cargo são escolhidos a partir de um acordo entre o órgão que está encomendando a prova e a organizadora do certame. Se você desconhece uma das variáveis, neste caso a banca, trabalhe com a informação que possui. Como o órgão e o conteúdo cobrado no último edital para o cargo que quer concorrer.

Ao usar essa estratégia, você estará na melhor relação custo-benefício. Em relação às novidades, é possível que haja alguma surpresa com o novo edital: a inclusão de uma disciplina, um conteúdo a mais em outra; mas, como você já estudou tudo o que foi cobrado no último edital, poderá usar o tempo entre a divulgação do documento e a data da prova para estudar o que mudou.

A vantagem está exatamente no conteúdo que estudou com antecedência, já que as novidades são surpresa para todos os que concorrem com você. Mas lembre-se: sua missão é garantir tudo que caiu nas últimas provas para o cargo escolhido.

Com isso garantido, as novidades serão um detalhe na sua preparação. Agora, a forma infalível sempre será estudar por questões de provas anteriores. Assim, você consegue medir seu conhecimento e trabalhar seus pontos fracos. Nunca se esqueça de que corpo e mente estão juntos, então exercitar-se sempre será o melhor remédio para uma preparação sadia. Bons estudos!

Cláudia Jones é jornalista especializada em concursos públicos

Últimas de _legado_Economia