Tomate volta a ser o vilão da cesta básica

Alimento teve alta de 20,57% em maio

Por O Dia

Rio - Mais uma vez, o tomate voltou a ser o vilão da cesta básica do carioca. O preço do produto no Rio subiu 20,57% em maio, na comparação com abril, o que fez o grupo de alimentos figurar como o quinto mais caro do país, segundo o Dieese. A cesta fechou maio custando R$348,04, com alta de 0,54%, em relação a abril.

Entre as capitais com cestas mais caras do país, a do Rio ficou atrás somente de Florianópolis, Vitória, Porto Alegre e São Paulo. A variação do preço para os cariocas foi de 10,31% em 2014.

“Minha esposa chegou a reclamar do preço. Ela apelou para o extrato de tomate para fazer o molho do macarrão”, disse João Guilherme, que trabalha na emergência do Hospital Geral de Bonsucesso.

Mas, observando o acumulado dos últimos 12 meses, o valor do tomate no Rio recuou de 5,79%.

O arroz também valorizou 4,90% em maio. De acordo com o Dieese, a alta se deve à lentidão na negociação dos lotes do grão, uma vez que os produtores seguram parte do produto para elevar a cotação.

Já o açúcar sofreu aumento de 4,05%. Entre os produtos que registraram queda nos preços, a da batata foi a mais expressiva (-20,87%).

Últimas de _legado_Economia