Por bferreira

Rio - A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou ontem projeto de lei que concede reajuste salarial de 25% sobre vencimentos dos servidores do Procon-RJ. Aposentados e pensionistas da autarquia também serão contemplados. O índice será pago em três parcelas. A primeira será no próximo mês, a segunda em janeiro e a terceira em julho de 2015. A Casa também aprovou a reestruturação da carreira dos servidores da Procuradoria-Geral do Estado.

Assim que o texto for sancionado, a carreira da procuradoria será alterada de três categorias para três classes, subdivididas em quatro padrões. O objetivo é dar fluxo de carreira de acordo com a antiguidade e a meritocracia. O documentou aprovado também instituiu a avaliação de desempenho.

Entre as emendas apresentadas no texto, estava a alteração de reajuste de 50% para 75% sobre o vencimento-base pago aos procuradores da Uerj, a título de gratificação por representação judicial. O novo adicional será válido a partir de janeiro de 2015.

Até o início da noite de ontem não estava definido quem iria presidir as sessões extraordinárias que acontecem hoje na Casa, mesmo sendo feriado no Município do Rio, por conta do jogo da Copa no Maracanã. Não havia certeza se os trabalhos seriam conduzidos pelo presidente da Assembleia , deputado Paulo Melo (PMDB).

Até o fechamento da coluna, a ordem do dia previa que hoje seriam votados projetos que concedem reajustes para servidores da Fundação Theatro Municipal e da Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado (Funarj).

Você pode gostar