Por bferreira

Rio - A Prefeitura do Rio deposita no dia 15 de julho a primeira parcela do 13º salário de 172.600 servidores ativos, aposentados e pensionistas da Administração Direta do município. O valor a ser pago é superior a R$ 285 milhões.

Os funcionários da Administração Indireta também serão beneficiados. Contudo, vai depender da regra de cada empresa e se já receberam parte do abono quando pediram as férias. O decreto da antecipação da parcela será publicado no Diário Oficial de segunda-feira.

Os valores do décimo terceiro que serão pagos em 15 de julho correspondem a 50% das vantagens recebidas em junho. Não haverá descontos, como Imposto de Renda e contribuição previdenciária, que serão compensados no pagamento da segunda parcela no fim do ano.

Segundo o secretário-chefe da Casa Civil, Guilherme Schleder, a antecipação mostra o “cuidado da prefeitura com os servidores e a sua valorização”.

Já os servidores do estado e da União têm as datas de recebimento do 13º confirmadas. No governo federal, cerca de dois milhões de servidores do Poder Executivo e das Forças Armadas vão receber 50% do abono de Natal no primeiro dia útil de julho. Como não há feriado no Rio, o pagamento será feito em 1º de julho. O valor já pode ser consultado no contracheque disponível no Siapenet, em www.siapenet.gov.br.

A Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag) informou que a metade do 13º salário dos servidores que recebem acima de R$ 950 será depositada dia 31 de julho. O restante será depositado em 17 de dezembro. Os funcionários com vencimentos de até R$ 950 terão o valor integral do abono liberado também no dia 31 de julho.

A pasta avalia se vai pagar a parcela de julho contemplando os reajustes aprovados pela Alerj. “Isso porque a folha do 13º salário normalmente é feita com base na folha de junho, tendo em vista que o pagamento é anterior ao da folha de julho”, explicou a secretaria em nota.

Você pode gostar