Hotéis do Rio têm 97% de ocupação na Copa

Estimativa é de ultrapassar os 98% no dia 13 de julho, dia da final do Mundial, aponta ABIH-RJ

Por O Dia

Rio - A rede hoteleira já comemora a final da Copa do Mundo, que acontecerá no Rio no próximo dia 13. A ocupação nos hotéis da cidade chegará a 97,08%, com estimativa de ultrapassar os 98% na data do jogo que decidirá qual será a seleção campeã, como aponta pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) feita entre seus associados.

Até o momento, a média de hóspedes nos quartos para o período de jogos está em 82,5%. Na pesquisa prévia, os melhores índices de ocupação ocorreram na fase classificatória da Copa.

“Para as oitavas de finais (77,87%), quartas de finais (74,77%) e para a final (77,56%) a ocupação ainda é preliminar, e certamente sofrerá um grande acréscimo à medida que os jogos forem sendo definidos. Nossa estimativa é que no período do Mundial tenha fechamento acima dos 90%, podendo chegar a 98% na final”, acredita o presidente da ABIH-RJ, Alfredo Lopes.

Levando em consideração a categoria dos empreendimentos hoteleiros da cidade, os cinco estrelas já registram as melhores taxas (97,08%), o que, na opinião do presidente da associação, já era esperado.

“Os empreendimentos de categoria superior têm maior demanda para acomodar visitantes que adquiriram diferentes pacotes”, concluiu Lopes.

Promoções continuam na reta final

Na reta final da Copa, o comércio continua atraindo clientes. No supermercado Mundial, por exemplo, o preço da Antarctica latão 473ml foi de R$2,69 para R$ 1,89 para embalagens de 12 unidades. As Casas Bahia promete vender televisores a R$ 1 para o participante que comprar uma TV Samsung 60 polegadas.

Alguns comerciantes devem ficar com as lojas abertas nos dias de jogos para conseguirem terminar os estoques de camisas de seleções já eliminadas. Uma da Espanha, que custava R$ 179,99, sai agora por R$ 143,99 na Físico e Forma no Shopping Leblon.

Últimas de _legado_Economia