Por tamara.coimbra

São Paulo - Metade dos aviões da Air France ficaram estacionados nesta segunda-feira por causa da greve de pilotos. De acordo com companhia aérea francesa, 60% dos voos marcados para esta terça serão cancelado. A greve pode durar até a próxima segunda-feira.

No Brasil, dois voos para Paris foram cancelados, além de três voos vindos da capital francesa.

A Air France também não excluiu a possibilidade de atrasos nos voos que não serão reagendados. Nesta segunda, segundo a responsável pelo centro de controle da companhia aérea, 48% dos voos programados foram mantidos.

Os sindicatos franceses SNPL, Spaf e Alter convocaram a greve para mostrar sua oposição ao projeto da direção de criar 250 postos de pilotos para a Transavia, filial de baixo custo da companhia, com condições trabalhistas menos favoráveis do que as da Air France. A empresa quer aumentar a frota da Transavia para 19 aviões em 2015 (são 14 atualmente) e acrescentar outros cinco no ano seguinte.

Os sindicatos propõem que o crescimento da Transavia — como forma de concorrer com outras companhias europeias de baixo custo — seja feito com pilotos da própria Air France e com as mesmas condições de trabalho.

A companhia francesa continua aconselhando que as pessoas adiem suas viagens se possível. Quem tem passagem agendada entre esta segunda e a próxima segunda-feira — dentro do período da greve — poderá remarcar a viagem, gratuitamente, para a semana entre 23 e 30 de setembro, desde que haja lugares disponíveis nos aviões.

Outra opção é trocar a passagem por um vale, que poderá ser usado depois do dia 30 na própria Air France ou na holandesa KLM (do mesmo grupo), inclusive com mudança do ponto de partida ou do destino. Os que não puderem mudar seus voos serão reembolsados. Eles receberão 250 euros (R$ 750) para viagens domésticas, 400 euros (R$ 1200) para voos continentais e 600 euros (R$ 1800) para os de longa distância.

Veja os voos cancelados no Brasil nesta segunda-feira

AF459 — São Paulo (Guarulhos) a Paris (Charles de Gaulle) — 19h10
AF515 — Brasília a Paris (Charles de Gaulle) — 22h40
AF456 — Paris (Charles de Gaulle) a São Paulo (Guarulhos) — 10h30
AF454 — Paris (Charles de Gaulle) a São Paulo (Guarulhos) — 23h30
AF520 — Paris (Charles de Gaulle) a Brasília — 13h30

A companhia francesa entrou em contato nos últimos dias com seus clientes para indicar que poderiam adiar a viagem ou receber um reembolso.

Com informações da EFE

Você pode gostar