Confira as alternativas para enfrentar a greve nos bancos

Cliente deve ter telefone de gerente para sacar valores e tomar mais cuidados na internet

Por O Dia

Rio - Consumidores, empregadores e INSS não podem se valer da greve dos bancários marcada para começar semana que vem para protelar pagamentos. O movimento, que se inicia na terça-feira no Rio, terá abrangência nacional e deve atingir agências bancárias em áreas centrais inicialmente, por isso, é importante ter em mãos telefones de gerentes, caso seja necessário sacar na boca do caixa valores maiores ou garantir a entrada aposentados e pensionistas do INSS para receber os benefícios.

Os caixas eletrônicos permitem fazer qualquer operação bancária, inclusive saques de benefícios sociais (INSS, PIS/Abono Salarial e FGTS)Reprodução Internet

Os grevistas podem fazer piquetes para pressionar a adesão de colegas, mas não têm como impedir a entrada de clientes que queiram falar com gerentes ou ser atendidos internamente. Quem movimenta a conta pela internet, nos sites dos bancos, ou nos caixas eletrônicos, não deve ser afetado pela paralisação, pois esses serviços continuarão a funcionar normalmente.

Ocorre, porém, que a atenção deve ser redobrada. Durante greves de bancários aumentam os casos ataques de hackers e criminosos. É preciso verificar se o site do banco mantém os indicativos de segurança, como cadeados no pé da página, e também evitar pedir ajuda a pessoas não identificadas quando estiver nos caixas eletrônicos

A Federação dos Bancos (Febraban) destacou que o consumidor tem canais alternativos para transações financeiras. Além da internet, há casas lotéricas, rede 24 horas, que também ficam disponíveis em supermercados e shoppings.

O servidor Jorge Ignácio, 51 anos, afirmou que usará caixas eletrônicos. “Como não gosto de fazer operações pela internet o jeito será esse, apesar de os caixas ficarem cheios na greve”, lamentou.

NEGOCIAÇÃO E ASSEMBLEIA

Antes do começo do movimento, haverá novas tentativas de acordo. Hoje está marcada rodada de negociação entre representantes dos bancos e dos bancários. Segundo a presidenta do Sindicato do Rio, Adriana Nalesso, o resultado será levado para avaliação dos trabalhadores em assembleia na segunda-feira. “Quem marcou esta nova reunião foi a Febraban. Portanto, aguardamos que os bancos melhorem a proposta”, afirmou.

EVITE MULTA AO PAGAR AS CONTAS

A VENCER
Os boletos de água, luz, telefone, gás, financiamentos, impostos e títulos de cobrança em geral, que estão dentro do prazo de vencimento podem ser pagos pela internet, caixa eletrônico ou rede 24 horas, aplicativo dos bancos no celular, correspondentes bancários e também pelo telefone do banco (confira o número no site da instituição financeira no cartão da sua conta, ou pesquise no site da Febraban www.febraban.org.br/atendimento_bco.asp).

VENCIDAS
As contas de concessionária (luz, água, telefone, gás) vencidas podem ser quitadas nos mesmos canais citados acima. As próprias concessionárias costumam cobrar os juros e as multas na conta do mês seguinte.

CAIXAS ELETRÔNICOS
Atualmente, os terminais de autoatendimento permitem fazer qualquer operação bancária, inclusive saques de benefícios sociais (INSS, PIS/Abono Salarial, FGTS, etc), entre outros. Há uma limitação quanto a valores. Por razões de segurança, os limites para retiradas são bem inferiores aos feitos na “boca do caixa” da agência, e dependem de banco para banco. Os saques noturnos são limitados a R$300.

BANKFONE
Todos os bancos oferecem um serviço telefônico em que os clientes podem tirar dúvidas sobre serviços e fazer transações financeiras, como pagamento de boletos não vencidos, contas de consumo (água, luz, gás, telefone), consultas de saldos, além de pagamentos de impostos.

Pagamento começa no dia 1º

A greve vai começar na semana em que aposentados e pensionistas do INSS, que ganham acima do salário mínimo (R$724), vão receber os benefícios de setembro. A folha será creditada a partir de 1º de outubro e vai até dia 7. A Febraban orienta que os segurados da Previdência usem canais alternativos como internet, telefone do banco e caixas eletrônicos.

Os aposentados devem ter cuidado ao usar o caixa eletrônico dos bancos durante a greve. Por exemplo, não aceitar ajuda de pessoas estranhas para não caírem em golpes.

Operações acima de R$750 podem ser feitas por meio de Transferência Eletrônica Disponível (TED) para quem tem urgência, que faz o dinheiro cair na conta do destinatário no mesmo dia. Se não houver urgência, o cliente pode optar pelo Documento de Crédito (DOC), que tem limite de até R$ 5 mil e é liberado no dia seguinte.

Em relação aos novos contratos habitacionais em negociação, a Febraban explicou que todos os trâmites operacionais continuam na greve. No entanto, a assinatura de documentos para concluir o empréstimo dependerá do retorno da paralisação.

Além do reajuste de 12,5%, os bancários reivindicam cláusulas sociais não atendidas pelos bancos. Entre elas, fim da pressão para cumprir metas, medidas para evitar demissões e a alta rotatividade.

Últimas de _legado_Economia