"Mulheres não deveriam pedir aumento de salário", polemiza CEO da Microsoft

Arrependido, Nadella enviou um email aos funcionários, na noite desta quinta-feira, pedindo desculpas por seu conselho

Por O Dia

O atual presidente da Microsoft, Satya Nadella, recebeu uma enxurrada de críticas nesta quinta-feira, após ter aconselhado, durante uma conferência para mulheres na área de TI, uma plateia feminina a não pedir aumento de salário.

O executivo afirmou que evitar pedir um salário maior atrai um "bom karma" às mulheres, e que não reinvindicar por pagamento igualitário ao dos homens é um "super poder". A declaração despertou a fúria de usuários da internet.

Satya Nadella recebeu uma enxurrada de críticas após ter aconselhado as mulheres a não pedir aumento de salárioReuters

De acordo com o site Mashable, arrependido, Nadella enviou um email aos funcionários da Microsoft, na noite de ontem, pedindo desculpas por seu conselho. "Eu respondi à questão de forma totalmente errada", disse.

"Acho que homens e mulheres deveriam receber salários iguais pelo mesmo trabalho. E quanto se trata de conselho profissional para conseguir um aumento você acha isso merecido (...). Se você pensa que merece um aumento, você simplesmente deveria pedir", escreveu.

Um recente estudo mostrou que os homens que trabalham no Vale do Silício, berço das empresas de tecnologia, ganham salários 73% que as mulheres nas mesmas funções e com o mesmo nível de escolaridade. Homens com diploma de curso superior ganham 40% mais que as mulheres com as mesmas credenciais.

Últimas de _legado_Economia