Por bferreira

Rio - Cada vez mais empreendedores procuram a internet como uma forma de expandir suas vendas e alcançar novos clientes. Atualmente, o ambiente virtual oferece diversas opções, como redes sociais, blogs e sites que o empresário pode criar, de acordo com as características da sua marca. Na maior parte dos casos, é possível usar todas essas plataformas integradas, tornando o serviço ainda mais completo.

Além de permitir um maior diálogo com os clientes, que podem contribuir com críticas e sugestões, a rede virtual aumenta o alcance das vendas. Um artesão que antes vendia apenas em feiras pode ter compradores em todo o país.

Abaixo, saiba mais sobre esse assunto e como fazer para começar a empreender no mundo digital.

Por Cezar Vasquez

PERGUNTA E RESPOSTA

“Sou artesão e vendo minhas peças em algumas feiras da cidade. Porém, estou pensando em abrir também uma loja virtual, pois vi que já fizeram comentários sobre o meu trabalho na internet. Devo investir nisso?”

Sérgio, Centro

Olá, Sérgio. Você está no caminho certo, pois a internet é um importante canal de vendas, que pode ajudá-lo a fidelizar os seus clientes e também auxiliar na conquista de novos consumidores.

Você deve ir, sim, ao local onde foi feito um comentário sobre seu trabalho e, se for possível, mostrar outros produtos que fabrica.

Além disso, você deve informar o endereço de um ambiente virtual próprio, que pode ser sua página no Facebook, seu site ou ainda um blog, onde os interessados possam conhecer melhor as peças que você oferece.

Ter um ambiente virtual é importante porque, nele, seus clientes poderão compartilhar ideias e informações sobre seus produtos, atraindo outros consumidores. Além disso, permite que você incentive contribuições dos clientes, que, em geral, são a melhor fonte de informação sobre o seu trabalho.

Lembre-se que é importante pensar em algumas questões sobre a loja na internet, como as formas de pagamento que você vai aceitar e como será feita a entrega. Além disso, é fundamental ter um canal de atendimento ao cliente, para solucionar possíveis problemas.

Com isso, pode colher críticas, dicas, sugestões e preferências , que vão ajudar a aprimorar suas peças, atendendo ao gosto dos consumidores. No nosso site (http://goo.gl/nXaiF), você encontrará recomendações para fazer negócios na internet. O Sebrae também oferece duas soluções que podem ajudá-lo neste momento.Uma delas é o curso online e gratuito “Internet para Pequenos Negócios” no link http://goo.gl/e9ruq.

Há ainda uma parceria entre Sebrae e Mercado Livre, que permite a criação, de forma simples e gratuita, de uma loja virtual para micro e pequenas empresas. Saiba mais em www.primeiroecommerce.com.br.

Boa sorte!

Cezar Vasquez é superintendente do Sebrae-RJ. Amanhã, Sucesso nas Compras

Você pode gostar