Por tamara.coimbra
Publicado 03/11/2014 14:20 | Atualizado 04/11/2014 00:16

Rio - Boa notícia para os desorganizados e esquecidos: a partir de agora, o contribuinte pode fazer rascunho de sua declaração de Imposto de Renda. O serviço, anunciado ontem pela Receita Federal, permite que o declarante guarde informações úteis antes da abertura do prazo do acerto de contas com o Leão, em março de 2015.

A página de rascunho (www.receita.fazenda.gov.br)deve ser acessada por computadores, smartphones e tablets. Ela contém campos iguais aos da declaração do IR. Nos dispositivos móveis, o aplicativo da Receita está disponível para os sistemas IOS e Android.

Segundo o subsecretário de Arrecadação e Atendimento da Receita, Carlos Roberto Occaso, podem ser lançadas com antecedência informações para que não sejam esquecidas posteriormente, como a venda de um bem. Outro exemplo são despesas médicas cujos recibos costumam se perder.

“Quando o contribuinte for preencher a declaração, vai poder importar o rascunho, finalizá-lo e depois transmiti-la”, explicou.

Para a declaração do ano que vem, o serviço será disponível até 28 de fevereiro. O contribuinte pode incluir movimentações feitas entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2014. A partir de 1º de março, abre-se o prazo para o preenchimento das declarações e as informações do rascunho precisam ser importadas.
Segundo Occaso, apesar das informações serem enviadas pela internet, a Receita não vai usar o conteúdo mantido no rascunho.

“Esses dados não serão usados previamente. A Receita só vai considerar informações enviadas entre março e abril. A nova ferramenta é para facilitar a declaração e a Receita não tem interesse em pegar os dados antes desse período”, explicou.

A opção do rascunho não elimina a declaração pré-preenchida, facilidade lançada pelo Fisco no começo deste ano. Nesta opção, a Receita Federal preenche automaticamente uma série de dados, de acordo com o cruzamento de informações. A modalidade, no entanto, só é acessível para quem tem certificado digital. Além disso, quem caiu na malha fina fica impedido de usar o serviço.

Aplicativo tem outras funções

Além de permitir que o contribuinte faça um rascunho de sua declaração do Imposto de Renda, o aplicativo da Receita tem outras funções que facilitam as obrigações com o Fisco.

É possível fazer a declaração por dispositivos móveis, tirar dúvidas e acompanhar o status de declarações de anos anteriores.

Disponível nos sistemas IOS e Android, o aplicativo da Receita é gratuito e pode ser baixado em smartphones e tablets.

O Fisco também possui um aplicativo para brasileiros em viagem ao exterior. O sistema traz informações sobre regras de bagagem e procedimentos alfandegários.

Você pode gostar