Tentativas de fraudes sobem 7%

No mês de outubro, foi registrado um caso a cada 14,2 segundos em todo o país

Por O Dia

Rio - As tentativas de fraudes contra consumidores aumentaram 7,1% em outubro em relação a setembro deste ano. No mês passado foram registradas 188.626 investidas para lesar clientes, principalmente com uso de dados pessoais para fazer negócios sob falsidade ideológica e obter crédito para não ser pago.

De acordo com dados do do Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraude — Consumidor, as ações de bandidos representam tentativa de fraude a cada 14,2 segundos no país. Em relação a outubro de 2013, houve queda de 15,8%. De janeiro a outubro de 2014 contra o mesmo período de 2013, o indicador mostrou redução de 6,5%.

O setor responsável pelo maior volume de ações foi o de telefonia que respondeu por 68.584 registros, 36,4% do total, com queda em relação aos 49,3% casos registrados pelo setor no mesmo mês de 2013. Já o setor de serviços, que inclui construtoras, imobiliárias, seguradoras e serviços em geral, teve 59.976 queixas, equivalente a 31,8% do total. No mesmo período no ano passado, o setor respondeu por 26,7% das ocorrências.

Os clientes bancários reclamaram também e deixaram o setor no terceiro lugar do ranking no mês passado. Foram 42.997 tentativas, 22,8% do total no período. No mesmo mês do ano passado, os bancos responderam por 16,3% dos casos.

O segmento de varejo teve 13.725 tentativas de fraude, sendo 7,3% das investidas contra o consumidor em outubro. É uma alta em relação aos 6,2% observados em outubro de 2013.
Segundo economistas da Serasa Experian, o Dia das Crianças foi o motivo da elevação dos casos em outubro, em relação a setembro.

Últimas de _legado_Economia