Força Militar: Esquema especial na posse de Dilma Rousseff

O aumento do tráfego aéreo em função da solenidade deve se concentrar no dia 1º de janeiro, representando uma elevação da ordem de 3% a 4%

Por O Dia

Rio - A Força Aérea Brasileira (FAB) vai adotar um esquema especial de controle de tráfego aéreo, em Brasília (DF), para a posse da presidenta Dilma Rousseff, marcada para o dia 1º de janeiro. De acordo com o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), serão alocados slots (horários de pouso e decolagem) específicos para a aviação geral, que inclui qualquer tipo de aviação, que não seja voo regular ou aeronaves militares.

“As aviações regular e comercial continuam com seus slots normais e não sofrerão nenhum impacto”, ressalta o coronel Ary Bertolino, chefe do CGNA. “Desde o dia 1º de dezembro, a quantidade de pousos e decolagens nas duas pistas do aeroporto de Brasília aumentou de 44 para 52 movimentos por hora. Isso significa que nós temos mais slots disponíveis”, complementa o chefe do CGNA. O sistema de slots específicos começa a funcionar às 18 horas do dia 31 de dezembro e vai até as 12 horas do dia 2 de janeiro de 2015.

O aumento do tráfego aéreo em função da solenidade, de acordo com a estimativa do CGNA, deve se concentrar no dia 1º de janeiro, representando uma elevação da ordem de 3% a 4%.

MINISTRO DA DEFESA

A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República divulgou, na terça-feira, o nome do atual governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), como o novo ministro da Defesa para o segundo mandato da presidenta Dilma Rousseff. Ele substituirá Celso Amorim, que afirmou ser um “excelente nome” para a pasta.

Últimas de _legado_Economia