Crianças na luta pelo planeta

Livro indicado para crianças a partir de 9 anos de idade dá noções de mitologia grega e permite aos jovens leitores entenderem a situação complicada da Terra

Por O Dia

‘A revolta das águas’ é da Editora do Brasil (48 páginas%2C R%24 42)Divulgação

Rio - Ler é sempre uma boa pedida para a criançada. E nada mais atual e urgente do que inserir nestas leituras o tema aquecimento global. Em ‘A revolta das águas’ — escrito por Maria Cristina Furtado e ilustrado por Thiago Lopes —, um grupo de crianças, para salvar o planeta Terra da poluição das águas e das mudanças climáticas, ganha uma ajuda poderosa: de Posêidon, Tritão, Anfitrite, Gaia e outros deuses gregos.

O livro, indicado para crianças a partir de 9 anos de idade, dá noções de mitologia grega e permite aos jovens leitores entenderem a situação complicada em que se encontra o planeta. A edição traz ainda um CD, com sete músicas da aventura.

A história começa quando Iara, 12 anos, e Guilherme, 13, estudantes de uma escola no Rio de Janeiro, vão parar numa praia com várias crianças, de diferentes partes do mundo. De repente, surge o rei dos mares, Posêidon, que os leva para conhecer a vasta e bela vida marinha e para fazer um pedido especial: comunicar aos governantes de todo o mundo sobre a necessidade de salvar a Terra da poluição e do aquecimento global, para impedir a temida revolta das águas.

Instituto Refazer precisa de doações

O Instituto Refazer está realizando campanha para arrecadar itens importantes para o tratamento de dezenas crianças e adolescentes de famílias de baixa renda no Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), referência em tratamento materno-infantil.

Instituto Refazer precisa de doaçõesDivulgação

Os produtos mais necessários são latas de leite, nebulizador, aspiradores nasais, luvas cirúrgicas, seringas, roupas e alimentos não perecíveis. Doações em dinheiro também são aceitas. Além de atender às crianças, o Refazer encaminha os familiares para atividades profissionais, para que consigam captar recursos financeiros durante o tratamento dos filhos. Informações: 2527-3434

Boas ações em dias

A Tetra Pak realizou a 8ª expedição do projeto Protegendo a Vida na Amazônia, no Rio Uatumã, em parceria com a Eletrobras Amazonas Energia e coordenado pelo Centro de Preservação e Pesquisa de Mamíferos Aquáticos. A ação percorreu de barco 27 comunidades ribeirinhas em 4 municípios, levando a 700 pessoas informações sobre preservação da fauna.

O Solar Meninos de Luz, que trabalha com crianças no Pavão-Pavãozinho, poderá resgatar a Escola de Música Meninos de Luz: O projeto foi aprovado pela Lei Rouanet. Há previsão de 5 oficinas musicais, com investimento de R$ 760 mil. Empresas tributadas em lucro real e pessoas físicas contribuintes podem investir deduzindo até 4% e 6% do IR, respectivamente.

Últimas de _legado_Economia