Edital do BNDES sai até junho nos níveis Médio e Superior

Número de vagas ainda não está definido, mas salários vão de R$ 4 mil a R$ 10 mil

Por O Dia

Rio - Aqueles que almejam um cargo no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é bom ficarem alerta e já começar a estudar. Fontes do setor informam que o edital de novo concurso está programado para sair em junho. No entanto, ainda não há confirmação sobre o número de vagas.

A banca dos últimos certames tem sido a Cesgranrio e poderá permanecer para o próximo. Muito aguardada para o primeiro semestre de 2015, a seleção atrai grande interesse principalmente pelos altos ganhos. A remuneração para cargos de Nível Médio é R$ 4.148,82 e para o Superior de R$ 10.405,04. 

Juliana Queiroz vem estudando para a prova desde o ano passado Divulgação

Para o cargo de técnico administrativo foram cobradas no último concurso as seguintes disciplinas: português, raciocínio lógico matemático (RLM), matemática básica e financeira, estatística, contabilidade geral, atualidades ou conhecimentos gerais, inglês e conhecimentos específicos.

Diretor pedagógico da Academia do Concurso, Paulo Estrella explica que a disciplina de conhecimentos específicos é composta pelo sistema financeiro nacional e o estatuto social do BNDES. “Quem está pensando em se preparar para esse concurso, deve ter essas disciplinas como ponto de partida”, aconselha.

Estrella afirma que neste momento o candidato deve estudar tudo que foi cobrado na última prova. “Se na publicação do edital surgirem novas disciplinas, a partir desse momento o candidato se concentra nas novidades. Agora é a hora de conhecer o que já foi cobrado. Com isso, o aproveitamento do esforço de preparação é muito melhor aproveitado na prova”, avalia.

Gladstone Felippo, professor do Universo do Concurso, diz que para a prova de Nível Superior, em carreiras jurídicas, a dica é concentrar os estudos em Direito Tributário e Financeiro, Empresarial e Administrativo. Segundo ele, o candidato precisa de dedicação e disciplina. “Estudar por provas anteriores é fundamental.

Programar-se é a melhor coisa. Crie uma agenda de estudos de acordo com a sua capacidade de segui-la e dedique-se, pois a dedicação a um concurso é o pontapé inicial e decisivo para a a provação”, orienta Felippo. Juliana Queiroz, 23 anos, que já é servidora pública e aluna do site Questões de Concursos, já começou a estudar. “Dividi o programa pelos dias da semana e ainda treino questões de prova todos os dias”, explica a jovem.

Atenção às atribuições

Cláudia Jones, especialista do site Questões de Concursos, afirma que os que esperam editais semelhantes aos concursos da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil devem mudar de foco. “A abordagem e as atribuições do BNDES são diferentes. Exige um conteúdo que foge um pouco do núcleo geral das disciplinas bancárias”, comenta a especialista.

De acordo com o diretor da Academia do Concurso, Paulo Estrella, as questões demandam alguma interpretação e o enunciado das questões são de médio porte. “A prova de língua inglesa é bastante complexa e exige alguma fluência na língua. Os textos de inglês e português são relativamente extensos e demandarão algum tempo da prova”, revela. Estrella diz ainda que a banca consegue dividir as questões de forma bem pulverizada pelos tópicos do conteúdo programático. “A capacidade de raciocínio durante a prova é fundamental”, afirma.

Últimas de _legado_Economia