Funcionalismo federal fará mobilização em Brasília

O evento poderá anteceder uma greve nacional, em virtude da falta de perspectiva de reajuste salarial para 2015 e também a demora no processo de negociação

Por O Dia

Rio - As principais entidades sindicais representantes de servidores públicos federais promovem na próxima semana a Jornada Nacional de Lutas. O evento poderá anteceder uma greve nacional do funcionalismo, em virtude da falta de perspectiva de reajuste salarial para 2015 e também a demora no processo de negociação.

Na terça-feira, a concentração será às 8h, na Esplanada dos Ministérios (entre bloco C e K). No mesmo dia, às 10h, as entidades farão uma reunião para orientar a jornada de luta e, em seguida, haverá ato público no Congresso Nacional. A tendência é que neste dia haja paralisação nacional de algumas categorias, como por exemplo, nos institutos federais de ensino.

Na quarta-feira, a concentração na tenda instalada no local será às 9h, com saída em passeata para o Ministério do Trabalho em defesa do Andes-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior). Após o ato, haverá passeata ao Ministério do Planejamento. Os manifestantes exigirão audiência e resposta à pauta de reivindicações do Fórum dos Servidores Públicos Federais.

No dia 9, está agendado outro ato público, em frente do Palácio do Planalto. Às 14h, reunião ampliada na tenda para avaliação da jornada e também agendar as reuniões nas seções regionais.

Últimas de _legado_Economia