Contracheque da União será online a partir de maio

Os documentos de todo o funcionalismo público deixarão de ser impressos

Por O Dia

Rio - O governo federal anunciou ontem mais uma medida para reduzir gastos no processamento da folha de pagamento do Poder Executivo. A partir de maio, os contracheques de todo o funcionalismo público deixarão de ser impressos e serão consultados pela internet. A estimativa é de economia de R$ 40 milhões ao ano. De acordo com o Ministério do Planejamento, a mudança será escalonada para ativos, aposentados, pensionistas e funcionários públicos.

Para ter acesso ao documento será obrigatório cadastrar o e-mail de uso pessoal no Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape). Os ativos poderão fornecer ou atualizar a informação na unidade de Recursos Humanos.

Já os aposentados, pensionistas e anistiados políticos que não informaram o e-mail pessoal devem fazer o procedimento no período de recadastramento anual, em rede bancária, no mês de aniversário de cada beneficiário.

O contracheque será extinto a partir de maio para servidores ativos, militares dos ex-Territórios Federais, estagiários, médicos residentes e temporários. Em junho, para aposentados e pensionistas que possuem e-mail cadastrado no Siape. Para quem não tem, o documento impresso será extinto no mês seguinte que o interessado efetuar o procedimento.

Últimas de _legado_Economia