Livros inclusivos para baixa visão

Coleção infantil foi impressa em braille e fonte ampliada, além de relevo em imagens

Por O Dia

Rio - Para levar a magia dos contos de fadas a crianças com deficiência visual, a Fundação Dorina Nowill para Cegos lançou a Coleção Clássicos Infantis Acessíveis, com dez títulos. Os exemplares são impressos seguindo o conceito de ‘livro inclusivo’: em braille e fonte ampliada, além de relevos nas imagens e ilustrações com cores vibrantes.

Coleção infantil foi impressa em braille e fonte ampliada%2C além de relevo em imagensDivulgação

Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve, Bela Adormecida, Cinderela, João e Maria, João e o Pé de Feijão, Os Três Porquinhos, Peter Pan, Robin Hood e Rapunzel foram as histórias selecionadas. Há também um CD com a leitura dos textos nas versões com e sem audiodescrição — recurso que transforma as imagens em palavras.

Três mil unidades da coleção foram entregues gratuitamente em bibliotecas, escolas públicas e instituições que atuam com o público com deficiência visual em todo o Brasil. Os kits são compostos por 10 exemplares (um de cada título) acompanhados por um CD.

Para o grande público, os livros estão à venda no site https://www.fundacaodorina.org.br, da fundação. 

A Dorina Nowill atua há 69 anos facilitando a inclusão de crianças, jovens e adultos cegos e com baixa visão, por meio de serviços gratuitos e especializados de reabilitação, educação especial, clínica de visão subnormal e programas de empregabilidade.

Últimas de _legado_Economia