Por bferreira

Rio - Apesar de não oferecer vagas para o Rio, o concurso do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) com 258 vagas é uma boa oportunidade para quem procura uma chance na área de segurança pública. Os salários variam de R$ 3.679 a R$5.403,95 para os níveis Médio e Superior. O aprovado terá estabilidade no emprego e plano de carreira.

As inscrições vão de hoje a 17 de maio no www.cespe.unb.br. As vagas de Nível Superior são para áreas de enfermagem (2), farmácia (1), pedagogia (2), psicologia (1), serviço social (1) e terapia ocupacional (1) com salário de R$ 5.403,95. As provas estão marcadas para 28 de junho.

Para o Nível Médio, são 240 oportunidades, todas para agente penitenciário, com salário de R$ 3.679. A taxa de inscrição é de R$ 75, R$ 90, ou R$ 95, dependendo do cargo. O candidato que optar pelo certame vai concorrer a chances na capital federal ou em uma das cinco penitenciárias federais nas cidades de Brasília, Campo Grande, Catanduvas/PR, Mossoró/RN e Porto Velho.

PERFIL PARA A VAGA

Leonardo Galhardo, professor do site OAB Sem Medo, ressalta o perfil de quem vai exercer a função de agente penitenciário. “É importante ser corajoso e equilibrado, uma vez que a sua rotina vai exigir o manuseio e o emprego de armas de fogo e para isso é preciso controle emocional e muita responsabilidade”, diz.

O professor revela algumas mudanças no perfil do exame para este ano. “A seleção atual apresentará leis penais extravagantes — fora do Código Penal —, e inseriu criminologia. Isso não deve representar uma barreira”, afirma.

A professora de Português e Interpretação Textual, Aline Aurora, do site Concurso Virtual, diz que hoje até 60% das provas do Cespe são voltadas para questões semânticas. Muitas exigem do candidato uma compreensão não só global do texto, mas também estrutural. “Concurseiro bom é aquele que domina os assuntos gramaticais, bem como os relacionados ao texto”, afirma.

Com disponibilidade para morar em outro estado, O'hara Santos, 36 anos, aluno do Universo do Concurso, enxerga no exame do Depen uma ótima oportunidade de carreira. “Me preparo para concursos nessa área há algum tempo. Vou aproveitar o conteúdo que já tenho e estudar as novidades do edital”, explicou.

Melhore os resultados

O professor Leonardo Galhardo orienta sobre a Cespe. “A banca tem o hábito de cobrar muita jurisprudência (decisões anteriores reiteradas dos tribunais sobre determinado tema) relacionada ao STF/STJ”, explica.

Além das questões escritas, vale lembrar que o exame possui outras fases, como o exame de aptidão física, a avaliação médica e a avaliação psicológica, “o que significa que não adianta estudar 24 horas por dia e descuidar da saúde”, alerta Galhardo.

A professora Aline orienta: “Estude sempre com base nas provas anteriores e faça um curso de interpretação com gramática aplicada ao texto”, diz.

No dia 9 de maio, das 14h às 17h o Universo do Concurso vai oferecer um aulão beneficente de Interpretação textual. Inscrições: [email protected] ou whatsapp (21) 98288-8433.

Você pode gostar